Cassilândia, Quarta-feira, 18 de Julho de 2018

Últimas Notícias

15/06/2018 16:10

Vídeo mostra suspeito perto da casa de prefeito pouco antes do atentado

A Polícia Civil já tinha identificado o suposto comparsa, que não teve o nome divulgado

Campo Grande News

Depois da identificação de um suposto comparsa do pistoleiro que baleou o prefeito de Paranhos Dirceu Bettoni (PSDB), na noite desta quinta-feira (14), câmeras de monitoramento da região ajudaram a Polícia Civil a chegar ao possível autor dos disparos. Ele foi identificado como Jefferson do Nascimento Moreira, de 27 anos, que já coleciona passagens pela polícia.

A gravação divulgada pelo portal A Gazeta News mostra um homem de casaco branco e toca na cabeça, que seria Jefferson Moreira, se deslocando em direção ao quarteirão onde está a casa de Dirceu. Já no quarteirão da residência, o suspeito para e começa a conversar com um comparsa vestido com jaqueta escura e que não teve o nome divulgado.

Os dois permanecem no local por um tempo até que a caminhonete da vítima passa em baixa velocidade pelo lado oposto da avenida, chegando em casa. Nesse instante o comparsa, cruza a pista de rolamento da avenida, tomando direção oposta a casa da vítima e Jefferson Moreira, segundo a polícia, segue em direção à caminhonete.

Poucos segundos depois, aparentemente, após atirar contra o prefeito, o suspeito de blusa branca retorna caminhando aparentando tranquilidade e dobra a esquina. A gravação mostra, ainda, veículos passando pelo local já conduzindo o prefeito em direção ao hospital. A Polícia Civil do Brasil, com apoio do polícia paraguaia, trabalha para localizar Jefferson Moreira.

Pela manhã, o delegado Mikail Faria, que é de Amambai, mas investiga o crime ocorrido em Paranhos, disse ao Campo Grande News que é cedo para divulgar uma linha de investigação, mas admitiu que nenhuma hipótese está descartada..

“A investigação começou agora e está muito recente para dizer o que é investigado. Já temos um suspeito que cuidou do local, fez campana e deu cobertura para o pistoleiro. Nada está descartado”, disse.

Caso - Dirceu chegava em sua residência quando foi baleado. Os familiares da vítima escutaram ao menos seis tiros. As testemunhas ainda relataram que viram ao menos um homem de capacete fugindo, após os disparos.

De seis tiros, quatro atingiram o prefeito e dois o carro. Os disparos balearam cabeça, boca, mão e abdômen do prefeito, que passou pelas primeiras cirurgias no Hospital do Coração em Dourados, a 233 km de Campo Grande. Um dos tiros comprometeu a circulação e os movimentos do braço.

O prefeito foi atendido primeiramente em sua cidade pelo médico e vice-prefeito Dr. Luciano Rodrigues (DEM) e só depois transferido à Amambai, quando foi assistido pelo prefeito do município, Dr. Edinaldo Luiz de Melo Bandeira (PSDB). O chefe do executivo chegou a dar entrada na Casa de Saúde Divina Providência, mas, em seguida, foi levado para o Hospital do Coração, em Dourados.

Os tiros partiram, supostamente, de uma arma calibre 38. Na mesma noite do crime, o governador Reinaldo Azambuja determinou que policiais do Bope (Batalhão de Operações Policiais Especiais) e Garras (Delegacia Especializada em Repressão a Roubos a Banco, Assaltos e Sequestros) se deslocassem à Paranhos para ajudar nas buscas de suspeitos.

Assista:

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 17 de Julho de 2018
10:00
Receita do dia
09:00
Santo do dia
Segunda, 16 de Julho de 2018
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)