Cassilândia, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

23/04/2010 07:38

Vídeo erótico cancela casamento e briga deixa mulher em coma

MARCIA CARMO, de Buenos Aires para a BBC Brasil

Uma mulher argentina confessou ter agredido uma amiga na cabeça com um martelo de cozinha, usado para bifes, depois de desconfiar que amiga mostrou ao futuro marido da agressora um vídeo erótico.

O vídeo, que mostra a noiva, levou o noivo a cancelar o casamento que seria realizado neste fim de semana, na localidade de General Las Heras, na Província de Buenos Aires.

A vítima da agressão, Carola Rosa Bruzzoni, está em coma irreversível. Nesta quinta-feira, a autora do ataque ficou presa após fazer as declarações à polícia e foi acusada de "tentativa de homicídio".

As duas trabalhavam num restaurante da cidade.

"Não sei como cheguei a essa situação. Agora, fiquei sem marido, sem aliança e sem vestido", afirmou a ex-noiva à polícia.

Ela também pediu "desculpas" à família da vítima, dizendo que "não tinha a intenção de ferir ou de matá-la".

Discussão

Segundo a imprensa local, o dono do restaurante determinou que as duas fossem para casa após terem uma briga, que incluiu a agressão com o martelo de cozinha.

Carola passou mal quando já estava em sua casa e foi levada pelo marido ao hospital local, onde foi detectado que ela tinha sofrido afundamento do crânio.

Os médicos a colocaram em coma induzido, mas disseram que agora ela estaria em estado irreversível.

Nesta quinta-feira, o marido de Carola disse que "nenhum vídeo" justificaria a agressão sofrida pela mulher.

"Eu só sei que agora minha mulher está nesta situação. Espero que a pessoa que fez isso, que a deixou neste estado pague por isso", disse à emissora de televisão TN (Todo Noticias).

O advogado da família de Carola Bruzzoni, Cristian Pérez Solís, disse que o vídeo é uma "desculpa" da agressora para "justificar" sua ação.

"Esta é uma comunidade pequena, e esse vídeo já vinha circulando em General Las Heras há pelo menos cinco ou seis meses. Muitos viram esse vídeo e por isso não faz sentido que Silvia diga que atacou Carola por isso", afirmou o advogado. Na sua opinião, o vídeo faz parte da "estratégia da defesa" da agressora.

A cidade de General Las Heras tem 14 mil habitantes e fica a 67 quilômetros da capital argentina, Buenos Aires.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 06 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
21:32
Loteria
13:15
Cassilândia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)