Cassilândia, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

03/08/2006 14:15

Veto a leis que regem mototaxisitas gera apreensão

Fernanda Mathias / Campo Grande News

Apreensivos com a decisão do Plenário do STF (Supremo Tribunal Federal), que declarou inconstitucionais as leis estaduais 6.103/98, do Pará, e 12.618/97, de Minas Gerais, que regulamenta a categoria, os mototaxistas pretendem pressionar o Congresso Nacional para que aprove uma legislação nacional sobre o assunto.

O presidente do Sindicato dos Mototaxistas de Campo Grande, Dorvair Boaventura Caburé, viaja na próxima quarta-feira a Brasília (DF) onde pretende conferir de perto o andamento do projeto de lei. Antes disso, afirma, pretende conversar sobre o assunto com o deputado federal Nelson Trad (PMDB) e o senador Ramez Tebet (PMDB).

Hoje a atividade é regida por uma lei municipal em Campo Grande. Caburé sustenta que a própria Constituição Federal, no artigo 30, prevê que os municípios podem legislar sobre assuntos de interesse local e concessão de serviços públicos, incluindo transporte, em caráter essencial. “Estamos regulamentados a nível municipal e nosso trânsito é municipalizado”, afirma. Hoje o setor tem 758 permissionários e auxiliares na Capital. Mas a categoria de trabalhadores que usam motos, incluindo motoentregadores, envolve cerca de 10 mil pessoas no Estado.

A ação contra as legislações estaduais foi ingressada pela CNT (Confederação Nacional do Transporte). \"Não cabe ao estado, em detrimento das normas constitucionais e federais, criar um novo tipo de transporte coletivo\", alegava a CNT.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 06 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
09:00
Maternidade
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
21:32
Loteria
13:15
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)