Cassilândia, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

02/06/2013 10:04

Vereadores gastaram R$ 201 mil de verba indenizatória durante recesso

Campo Grande News/ Zemil Roch

Os vereadores de Campo Grande receberam no começo deste ano, referente a janeiro, mês de recesso parlamentar, R$ 201.455,32 de verba indenizatória, que refere-se a gastos de gabinete, combustível, telefone e divulgação, entre outros, reembolsados pela Mesa Diretora a partir da apresentação de notas fiscais comprobatórias das despesas realizadas. A verba indenizatória nada tem a ver com o subsídio mensal de vereador, que é de R$ 15.031,76 na Capital.

Dos 29 vereadores da Câmara de Campo Grande, apenas Grazielle Machado (PR) abriu mão da cota do mês de janeiro. Dentre os 28 que receberam a verba indenizatória, 15 vereadores abocanharam o limite máximo de reembolso, R$ 8.400,00 ou próximo dele.

O maior valor foi recebido pelos vereadores Zeca do PT, Vanderlei Cabeludo (PMDB), Paulo Pedra (PDT), Edson Shimabukuro (PTB), Jamal Salém (PMDB, Chiquinho Telles (PSD), Airton Saraiva (DEM) e Coringa (PSD). Fora Grazielle, que não pegou nenhum reembolso de janeiro, os menores valores foram recebidos por Marcos Alex (PT), que tinha assumido a vaga de Thaís Helena no dia 17 de janeiro, recebendo R$ 2.113,92 de verba indenizatória, e Carla Stefanini (PMDB), que foi reembolsada em R$ 2.902,44.

Na lista de possíveis gastos indenizáveis pela Câmara estão oito itens, mas os que têm valores mais expressivos são as despesas com combustível; divulgação de atividade parlamentar; consultoria, auditoria e apoio técnico para o exercício do mandato parlamentar; e aquisição de livros, assinaturas, serviços de internet, aquisição ou locação de Software, serviços postais, assinatura de publicações, TV a cabo ou similar e extração de cópias reprográficas.

Quanto às despesas de gabinete de fevereiro, março e abril, todos os vereadores utilizaram o sistema de reembolso, assegurado Ato da Mesa Direitora nº 001/2012. A maioria dos vereadores se aproximou do limite nesses meses. Ao receber a verba indenizatória, assina um documento oficial que estabelece ao final: “Atesto, para esse fim, que a execução do(s) serviço(s) e/ou fornecimento do(s) material(is) correspondente(s) está(ão) de acordo com a solicitação e assumo inteira responsabilidade pela veracidade e autenticidade da documentação anexada e autorizo sua utorizo sua divulgação no Portal de Transparência da Câmara Municipal de Campo Grande-MS”.

Gabinetes fechados – No dia 24 de janeiro, o Campo Grande News esteve visitando os gabinetes dos vereadores para saber se já havia algum trabalho parlamentar sendo realizado. Dos 29 parlamentares eleitos para ocupar as cadeiras da Câmara pelos próximos quatros anos, apenas seis estavam abertos, o do presidente, Mario Cesar (PMDB), de Eduardo Romero (PT do B), Luiza Ribeiro (PPS), Otávio Trad (PT do B), Paulo Pedra (PDT) e Herculano Borges (PSC), este último atualmente licenciado por ocupar cargo de secretário de Estado Extraordinário da Juventude.

O recesso parlamentar ocorreu no período de 22 de dezembro a 15 de fevereiro, mas as sessões legislativas só voltaram a ser realizada a partir do dia 19 de fevereiro. Nesse período, geralmente, os vereadores viajam ou, quando estão na Câmara, realizam trabalhos internos ou atividades na comunidade.

Veja abaixo o valor recebido por cada vereador de Campo Grande:

VEREADOR - VERBA INDENIZATÓRIA

Ademar Vieira Jr (Coringa) 8.400,00
Airton Saraiva 8.400,00
José Alceu Bueno 8.143,46
Ayrton de Araujo 7.674,92
Carlão 8.233,03
Carla Stefanini 2.902,44
Chiquinho Telles 8.399,36
Delei Pinheiro 8.307,54
Derly dos Reis (Cazuza) 6.751,04
Jamal 8.400,00
Edil 5.950,00
Eduardo Romero 4.321,91
Elizeu Dionízi 5.289,92
Edson Shimabukuru 8.400,00
Flávio César 8.102,23
Gilmar Neri 8.118,25
Herculano Borges 8.369,71
Luiza Ribeiro 6.693,83
Alex do PT 2.113,92
Mario Cesar 7.750,00
Otávio Trad 6.653,54
Paulo Pedra 8.399,46
Paulo Siufi 4.942,20
João Rocha 8.321,55
Rose Modesto 8.333,00
Vanderlei Cabeludo 8.400,00
Chocolate 7.284,01
Zeca do PT 8.400,00

TOTAL 201.455,32

 

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)