Cassilândia, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

04/12/2014 19:22

Vereador matou vizinho atropelado por causa de mulher, diz polícia

Helio Freitas, Campo Grande News

O vereador João Pinto Cuenca (PMDB), o Joãozinho, preso hoje de manhã no município de Douradina, a 196 km de Campo Grande, acusado de atropelar propositadamente Edmilson Centurião Vieira, 36 anos, no dia 10 de junho deste ano, teria cometido o crime por ciúmes da ex-namorada. A polícia descobriu que após romper com o vereador, a cerca de um ano, a mulher passou a namorar Edmilson.

Joãozinho, 46 anos de idade, não aceitava o relacionamento da ex-namorada com Edmilson, conforme contou um policial da cidade ao Campo Grande News. Os três moravam no distrito de Cruzaltina e a casa de Edmilson ficava a menos de cem metros da residência do vereador. Testemunhas ouvidas pela polícia afirmaram que Joãozinho tinha ameaçado o desafeto, prometendo matá-lo se ele continuasse com a mulher.

Edmilson chegou a ser socorrido a um hospital de Dourados, mas morreu no mesmo dia. Na época, Joãozinho alegou que tinha atropelado um cachorro após a polícia encontrar vestígios de sangue em seu carro.

O vereador nega o crime e hoje ao ser preso voltou a afirmar que atropelou um animal. Joãozinho já está recolhido num cela da cadeia de Itaporã, por falta de cela na delegacia de Douradina. A prisão preventiva de João Cuenca foi decretada pelo juiz André Luiz Monteiro, da comarca de Itaporã.

A investigação conduzida pelo delegado Guilherme Carvalho Rocha, da Polícia Civil em Douradina, revelou que Joãozinho mantou trocar peças no carro em uma oficina em Dourados. O mecânico confirmou à polícia ter consertado o veículo e o proprietário de um lava-rápido, também de Dourados, contou que lavou o veículo do vereador. Exames periciais feitos em Campo Grande confirmaram que havia vestígios de sangue humano no carro.

Edmilson Centurião Vieira sofreu o acidente na noite de 10 de junho, quando trafegava de moto pela rodovia MS-470, próximo à ponte sobre o rio Laranja Doce. Inicialmente a polícia acreditava que ele tivesse perdido o controle da moto e batido no guard rail da ponte. Socorrido a um hospital de Dourados com fortes dores no peito, Edmilson morreu horas depois.

Matéria de autoria do Campo Grande News

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)