Cassilândia, Terça-feira, 25 de Abril de 2017

Últimas Notícias

01/06/2007 20:00

Vereador de São Gabriel é alvo de ação por improbidade

Humberto Marques/Campo Grande News

Os promotores de Justiça Alexandre Magno Benites Lacerda, Adriano Lobo Vieira de Rezende, Luiz Antonio Freitas de Almeida e Cláudio Rogério Gomes propuseram nesta quinta-feira (31 de maio) ação civil pública contra o vereador Genildo Mendes Gomes (PT), afastado da Câmara dos Vereadores daquele município após ser flagrado recebendo R$ 20 mil da vereadora Maria Marilene Zatti (PMDB), então presidente daquela Casa de Leis. Ela alegou que o vereador exigiu o dinheiro para encerrar uma série de denúncias contra a parlamentar – acusada de receber os salários da Rede Municipal de Ensino embora tenha sido cedida para o Conselho de Desenvolvimento da Região Norte.

Os promotores acusam o vereador por violar por três vezes o artigo 9° da lei de improbidade administrativa (enriquecimento ilícito) e cinco vezes o artigo 11° (violação dos princípios constitucionais da moralidade à instituição que representa). Os atos exatos de irregularidade contra Mendes não foram informados devido ao fato do processo correr em segredo de Justiça.

O MPE pede, ainda, o afastamento do vereador por mais 150 dias. Ele já está sob afastamento de 30 dias, decretado pela Justiça. O promotor Alexandre Lacerda, de São Gabriel do Oeste, ainda denunciou criminalmente Genildo Mendes por concussão (extorsão praticada por funcionário público). O flagrante do recebimento de dinheiro de Maria Zatti foi feito em 11 de maio, durante ação do Ministério Público e do Unicoc na Câmara do município.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 24 de Abril de 2017
10:00
Receita do dia
Domingo, 23 de Abril de 2017
09:00
Maternidade
Sábado, 22 de Abril de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)