Cassilândia, Sábado, 24 de Junho de 2017

Últimas Notícias

26/07/2016 07:10

Vereador cassado é absolvido no TRE, mas retorno à Câmara depende do TSE

Nyelder Rodrigues, Campo Grande News

O vereador Delei Pinheiro (PSD), cassado em novembro do ano passado por crime eleitoral de distribuição de vale combustível, foi inocentado da acusação nesta segunda-feira (25), após nova análise feita pelo TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul) sobre o caso.

Além de Delei, Paulo Pedra (PDT) e Thaís Helena (PT) foram cassados no mesmo período também por terem cometido crimes eleitorais durante a campanha eleitoral de 2012, onde buscaram uma vaga na Câmara Municipal. Pedra e Helena devem passar pelo crivo do TRE novamente em breve, já que, assim como Pinheiro, recorreram das sentenças.

Apesar da decisão favorável, Delei ainda não retorna à Câmara. O processo que define o retorno dele à casa de leis em Campo Grande deve ser analisado entre os dias 2 e 4 de agosto pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral), em Brasília (DF). Lá, os embargos propostos pelos réus serão avaliados.

"Quando me cassaram no TSE, falaram que atendiam a decisão local. Agora espero que atendam também essa nova decisão do TRE e eu possa retornar ao cargo", comenta Delei, sobre a expectativa dele quanto a influência que o novo parecer do Tribunal Regional possa ter sobre a decisão na esfera federal.

No processo em Brasília, os casos de Delei, Pedra e Thaís são analisados em conjunto. Caso eles sejam inocentados, a contagem inicial de votos passa a valer e eles retornam às cadeiras ocupadas na Casa. Com a cassação do trio, houve recontagem de votos, assumindo então Roberto Durães (PSC), Eduardo Cury (PTdoB) e Lívio Viana (PSDB).

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 24 de Junho de 2017
Sexta, 23 de Junho de 2017
Quinta, 22 de Junho de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)