Cassilândia, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

13/08/2015 08:00

Vendedor de títulos de capitalização tem vínculo de emprego reconhecido

TRT 8ª Região

Na segunda-feira (20), o Juiz Substituto Francisco José Monteiro Júnior, na titularidade da 3ª Vara do Trabalho de Marabá (PA) proferiu sentença no Processo nº 0000649-97.2015.5.08.0128. em que foi constatado vínculo empregatício entre vendedor de cartelas do "Carajás da Sorte" e a Empresa Maricelso Arruda da Silva e Arruda Ltda .

O reclamante atuava como vendedor de títulos de capitalização em que o pagamento era oriundo de comissões sobre a venda dos títulos. Segundo os autos, por cada cartela comercializada a R$ 10,00 ganhava-se R$ 2,00 e para cartelas vendidas a R$ 15,00 havia o pagamento de R$ 3,00.

A empresa negou o vínculo empregatício e alegou que a relação que tinha com o trabalhador era de consignação em que, por conta própria e de forma autônoma, o reclamante passou a comercializar os títulos trabalhistas.

Ao proferir a sentença, houve o entendimento do magistrado de que não só havia vínculo empregatício, como também a intenção da empresa em burlar a legislação trabalhista, já que o trabalhador exercia atividade da empresa responsável por gerar o lucro para a mesma.

Além disso, com base nas declarações da própria empresa, constatou-se que a entidade privada, em 2013, alterou sua forma de prestação de serviços, em que os consignatários, pessoas físicas, tiveram que constituir pessoa jurídica. Essa prática é chamada de “Pejotização”, um artifício utilizado pelas empresas para descaracterizar a relação de emprego e potencializar os lucros, pois, “...é usada em substituição ao contrato de trabalho, burlando, por tanto, a legislação trabalhista”, destacou o magistrado na sentença. Assim, na decisão judicial, foi reconhecido o vínculo empregatício, no período de junho de 2012 a novembro de 2014. E ainda, a empresa foi condenada a pagar verbas recorrentes do pacto laboral.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 10 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)