Cassilândia, Domingo, 10 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

15/03/2005 13:50

Vendas no comércio crescem 7,6% em janeiro

Fernanda Mathias / Campo Grande News

As vendas no comércio de Mato Grosso do Sul tiveram crescimento de 7,69% em janeiro deste ano comparadas ao mesmo período do ano passado. A PMC (Pesquisa Mensal do Comércio) divulgada nesta terça-feira pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) revela que o Estado teve desempenho acima da média nacional, que foi de 6,24% de reação.
Em 12 meses o aumento de vendas em Mato Grosso do Sul foi de 13,95%, quando em âmbito nacional foi de 9,25%. As seis maiores taxas mensais vieram de Alagoas (23,47%); Rio Grande do Norte (18,77%); Pernambuco (13,36%); Maranhão (13,27%); Bahia (12,59%) e Paraíba (12,49%). Já os maiores impactos na formação da taxa global do varejo foram de São Paulo (5,16%); Minas Gerais (8,53%); Bahia (12,59%); Paraná (6,95%); Rio Grande do Sul (4,55%) e Santa Catarina (8,17%).
Segundo o IBGE, a atividade de Móveis e eletrodomésticos continuou sendo, em janeiro, o destaque do comércio varejista, com variação de 19,59% sobre o mesmo mês do ano anterior. Esse percentual, um pouco abaixo do obtido em dezembro/04 (23,77%), teve como conseqüência a melhoria nas condições de crédito e da massa de salários, além do desempenho da economia em 2004, caracterizado por certa estabilidade, o que possibilitou um maior planejamento por parte dos consumidores. Com esse cenário, o segmento apresentou a maior taxa de variação acumulada em 12 meses (26,37%) dentre todas as atividades pesquisadas.
Já a atividade de Hipermercados, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo, ao contrário do mês anterior, teve em janeiro crescimento abaixo da média geral do varejo: 6,33% de variação no volume de vendas em relação a janeiro de 2004.
Na comparação com janeiro de 2004, a atividade de Tecidos, vestuário e calçados inicia o ano de 2005 com variação de 4,15%, resultado pouco inferior à variação do mês de dezembro de 2004 (4,82%). Por conta dos resultados negativos ao longo do ano de 2004, o segmento acumula, em 12 meses, taxa de 4,87%, ou seja, metade da variação percentual assinalada pelo setor varejista no mesmo período (9,25%). O que turbinou as vendas em um mês caracterizado pelo baixo volume de vendas, foram as promoções realizadas pelas grandes redes do setor.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
09:09
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)