Cassilândia, Domingo, 22 de Julho de 2018

Últimas Notícias

12/01/2018 10:20

Venda de materiais de construção aumenta 5% no Estado

Correio do Estado

Depois de dois anos de retração, o comércio varejista de materiais de construção começou a dar sinais de recuperação. O setor, segundo pesquisa elaborada pela Associação do Comercio Varejista de Materiais de Construção de Mato Grosso do Sul (Acomac MS), fechou o ano com um aumento médio de 5% no volume de vendas em comparação ao ano de 2016 e a projeção é que esse crescimento seja ainda maior neste ano.

É o que aposta o empresário Fabiano José Lopes, presidente do Sindicato e da Associação do Comercio Varejista de Materiais de Construção de Campo Grande, Sindiconstru e Acomac-CG.

De acordo com ele, o crescimento foi semelhante e deve continuar neste ano. “No ano passado, o setor teve crescimento semelhante ao nacional, de 6%, quando comparado a 2016. Agora, quando comparado aos anos de 2014 e 2015, foi mais de recuperação. Mas são dados positivos, uma vez que o nosso setor conseguiu se manter com pequeno crescimento”, destacou.

Para Lopes, foram reformas e pequenos reparos que mantiveram o setor no ano passado. Entre os materiais mais vendidos estavam o de acabamento, como tintas, pisos, etc.

O perfil das vendas reflete a situação do mercado da construção civil, uma das mais impactadas pela crise. “Muitos dependiam de recursos do Minha Casa Minha Vida e esse pessoal segurou um pouco. Construtores e até mesmo quem não era do segmento, mas estava aproveitando o momento para investir, pararam seus projetos”, completou.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 21 de Julho de 2018
10:00
Receita do dia
Sexta, 20 de Julho de 2018
09:00
Santo do dia
Quinta, 19 de Julho de 2018
19:07
Cassilândia
16:09
Cassilândia
14:00
Artigo
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)