Cassilândia, Segunda-feira, 26 de Junho de 2017

Últimas Notícias

21/06/2004 19:26

Vence prazo para alegações em processo demarcatório

Jacqueline Lopes / Campo Grande News

Na quarta-feira vence o prazo para as alegações finais do processo demarcatório da reserva Buriti - em Sidrolândia e Dois Irmãos do Buriti. O juiz federal Odilon de Oliveira disse há pouco que a sentença deverá ser divulgada até o mês de agosto. “São muitos laudos para examinar”, disse.
São 4 mil páginas e entre o documento os três laudos antropológicos. Dois deles constatam que os 18 mil hectares os quais fazem parte 32 propriedades rurais são indígenas. Estes foram feitos a pedido da Funai e depois do MPF. O outro laudo, feito sob encomenda dos ruralistas, aponta que não há dados suficientes para que seja feita demarcação.
Como o processo envolve impasse na questão fundiária, o juiz acredita que uma das partes que sentir-se prejudicada (índios ou fazendeiros) deverá recorrer na decisão.
No dia 11 de maio, na Justiça Federal, testemunhas sobre o processo demarcatório da reserva Buriti participaram de audiência com o juiz, na sede da Justiça Federal, no Parque dos Poderes, em Campo Grande. Índios, fazendeiros, representantes da Funai (Fundação Nacional do Índio) e do MPF(Ministério Público Federal) estiveram no local. Foram pedidos mais 45 dias para a análise do processo.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 26 de Junho de 2017
Domingo, 25 de Junho de 2017
15:50
Cassilândia
Sábado, 24 de Junho de 2017
23:07
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)