Cassilândia, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

24/09/2006 06:00

Veja o resumo de segunda a sábado da novela Sinhá Moça

Globo

Segunda-feira, 25/09/2006
Nasce o filho de Adelaide e José Coutinho!

Justo aconselha Ricardo a fazer as pazes com Ana e esquecer a Baronesa. Ana avisa que visitará Adelaide e sua mãe e Ricardo se oferece para acompanhá-la. Coutinho ajuda no parto de Adelaide. Frei José consola José Coutinho, que se preocupa com sua mulher. Todos rezam por Adelaide. Nasce a criança. Coutinho mostra o filho a José Coutinho e depois chora. Fulgêncio diz que quer o ouro do Barão para comprar a alforria dos outros escravos. Justo promete pegá-lo e aconselha Fulgêncio a ir para o mato com o Capitão e Justino. O Barão trata bem Rodolfo. Coutinho brinda ao neto. O Barão pensa em uma forma de se vingar de Rodolfo. Cândida diz para Sinhá Moça que o Barão quer que o neto tenha o seu sobrenome. Bastião conta que os escravos viram o fantasma do Capitão. Justo pede a ajuda de Bastião para empurrar o armário e os dois se maravilham ao ver o ouro.


Terça-feira, 26/09/2006
O Barão quer mandar Rodolfo para a capital da Província

José Coutinho diz a Coutinho que Adelaide quer que ele escolha o nome do neto. Coutinho pega o neto no colo, orgulhoso. Bento e Tomás dizem ao Barão que o Capitão vem assombrando os negros. Justo leva uma barra de ouro para Fulgêncio, Justino e Capitão, que se escondem em um casebre. Augusto vê Dimas e Juliana juntos e pensa que é preciso apressar o casamento. O Barão diz a Rodolfo que ele deve ir para a Capital se tornar político. Sinhá Moça reage ao saber. Rodolfo avisa que não se afastará da mulher e o Barão finge que não queria impor nada. Bento, Antônio e Tomás vêem Fulgêncio, o Capitão e Justino na senzala. Eles prometem livrá-los do cativeiro e pedem segredo. Justo conta para Balbina que o filho está vivo. José avisa ao Barão que Fulgêncio, Justino e o Capitão estão de volta.


Quarta-feira, 27/09/2006
Bastião fica trancado no quarto do tesouro

José diz que os três estão escondidos no mato, dispostos a se vingar do Barão. O Barão manda que os homens vigiem a casa e ameaça Batião para que ele lhe dê alguma informação. Bastião não diz nada e resolve pegar o ouro, mas o Barão vê a porta do armário aberta e a tranca. Depois, sai à procura dos três. Rodolfo manda Fulgêncio, Justino e o capitão fugirem, mas eles se recusam. O Capitão sugere aos irmãos levar Sinhá Moça, a Baronesa e o ouro como proteção. Rodolfo vai à cidade avisar ao delegado. Ricardo pede um empréstimo ao pai, que não tem dinheiro. Nina e Manoel ficam abismados quando Juliana conta que Ana pretende ter 10 filhos, de cócoras como as índias. Fulgêncio, Justino e o Capitão entram na casa, assustando Sinhá Moça e Cândida.


Quinta-feira, 28/09/2006
Justino, Fulgêncio e o Capitão invadem a casa grande!

O Capitão avisa que só vão embora depois de se vingar do Barão. Bastião reza preso no quarto do ouro. O Barão e seus homens se embrenham na mata. Antônio acusa José de traidor. Tomás incita os escravos a lutar ao lado do Capitão. Bastião esmurra a porta. Rodolfo pede ajuda a Dimas. O Capitão ameaça o Delegado e avisa que o Barão será punido. O Barão se aproxima da fazenda e o delegado conta que Sinhá Moça e Cândida são reféns dos três escravos. O delegado avisa Rodolfo da situação e ironiza que talvez o Irmão do Quilombo resolva a situação. Rodolfo, Dimas e Justo chegam à fazenda. Justino ameaça todos e diz para os três irem embora. O Capitão conta para Sinhá Moça que recebeu dinheiro do Barão para perseguir Rodolfo. Virgínia acha que os três fizeram algo contra Bastião, mas eles negam. O Capitão pergunta pelo ouro e ameaça Sinhá Moça.


Sexta-feira, 29/09/2006
O Barão vai para o tronco!

Fontes e Frei José decidem ir para a fazenda. O Capitão deixa que Dimas entre. Dimas ironiza a situação frágil do Barão. Os escravos não ouvem Frei José. Ana fica enciumada porque Ricardo se preocupa com a Baronesa. Dimas diz não estar interessado no ouro, que é maldito. Virgínia pressente que algo ruim aconteceu com Bastião. Dimas promete a Sinhá Moça e Cândida que conseguirá libertá-las. Dimas avisa ao Barão que ele será punido. Fulgêncio manda os escravos fazerem uma fogueira e levantarem um novo tronco. Fulgêncio ameaça Rodolfo e manda que ele não interfira. Os negros tocam e dançam. O Barão é amarrado no tronco. Sinhá Moça e Cândida assistem abismadas. Rodolfo tenta impedir, mas é cercado pelos escravos. Sinhá Moça segura a mão de Dimas e grita que o Barão é seu pai. Todos reagem atônitos.


Sábado, 30/09/2006
Sinhá Moça pede que o Barão reconheça Dimas como filho

O Barão diz que Dimas não é seu filho. Sinhá Moça cobre o corpo do pai com o seu. Cândida, Rodolfo e Dimas lutam para se soltar das mãos dos escravos. O Capitão atinge Sinhá Moça. Justo reage contra o Capitão e conta que é seu pai. Depois, o delegado atinge o Capitão, que cai aos pés de Justo. O delegado diz que Dimas agiu mal e que sua carta de alforria não valerá mais. Os escravos são trancados na senzala. Justo perde a razão. Mário avisa Juliana que Dimas está preso na senzala. Cândida diz que vai embora e que o marido devia colocar Maria das Dores em seu lugar. Sinhá Moça pede que o Barão reconheça Dimas. Ricardo confessa a Frei José que não acontece nada em seu casamento. Ana conta para os pais que a paixão entre ela e o marido se apagou. Manoel sai disposto a conversar com Fontes. Ana pede que a mãe o impeça.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
20:20
Loteria
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
03:14
Loteria
Terça, 06 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)