Cassilândia, Domingo, 23 de Setembro de 2018

Últimas Notícias

22/02/2018 07:40

Vasco sofre goleada, mas é salvo por Martín Silva nos pênaltis

Midiamax

Em uma decisão dramática, o Vasco garantiu a classificação para a fase de grupos da Copa Libertadores da América ao superar o Jorge Wilstermann, nos pênaltis, por 3 a 2, depois de ser derrotado por 4 a 0 no tempo normal, na noite desta quarta-feira, em Sucre.

O goleiro Martín Silva foi o grande nome do jogo ao defender três cobranças de pênaltis. Rios, Pikachu e Wellington marcaram para o Vasco, enquanto Desábato e Rildo desperdiçaram as suas cobranças. Pelo lado boliviano, Lucas Gaúcho, Meleán e Alex Silva tiveram seus chutes defendidos pelo arqueiro uruguaio, que deixou o campo muito festejado pelos companheiros.

O Vasco fez uma partida muito ruim, sentiu os efeitos da altitude e sofreu três gols em 16 minutos. Melhorou no segundo tempo, mas levou o quarto gol, que levou a decisão para a disputa de penalidades, uma vez que o resultado do primeiro jogo foi repetido a favor do Wilstermann. O time de São Januário está classificado para o grupo 5 da Copa Libertadores, tido como a “chave da morte”, que conta com Cruzeiro, Universidad de Chile e Racing, da Argentina.

O jogo – Precisando desesperadamente gols para tentar descontar a vantagem do Vasco, o Jorge Wilstermann partiu para a pressão desde o início da partida. E, logo aos cinco minutos, a equipe boliviana marcou o primeiro. Serginho cruzou da direita, e Zenteno cabeceou para colocar a bola nas redes. O time brasileiro deu a saída, perdeu a bola e logo sofreu o segundo gol, um minuto depois do primeiro, em cabeçada de Pedriel, sem chances para Martín Silva.

Muito nervoso, o Vasco tentou se organizar em campo, mas o Wilstermann não dava espaços para a equipe carioca respirar. Aos 14 minutos, após boa troca de passes entre os atacantes, a bola sobrou para Chávez mandar a bomba. Um minuto depois, o time carioca escapou de sofrer o terceiro em cruzamento do próprio Chavéz.

Aos 16 minutos, não houve jeito – o time da casa marcou o terceiro gol. Chávez foi lançado na área, livrou-se de Ricardo e bateu para colocar nas redes e levar a torcida boliviana ao delírio.

Só depois de sofrer o terceiro gol que o Vasco conseguiu chegar à área. Evander chutou forte, e o goleiro Giménez fez grande defesa em dois tempos.

Aos 20 minutos, a pressão do Jorge Wilstermann quase se transformou em gol quando o zagueiro Paulão tentou desviar um cruzamento e não marcou contra por pouco.

O time carioca continuava a mostrar muito nervosismo com o início desastroso e não conseguia prender a bola no campo de ataque, enquanto a equipe da casa seguia martelando em busca do quarto gol. Aos 32 minutos, após cobrança de escanteio, Centeno desviou de cabeça e Pedriel chegou atrasado para concluir. Logo depois, Serginho chutou para boa defesa de Martín Silva.

O Vasco voltou com uma disposição diferente no segundo tempo. Ao contrário do que aconteceu no início da partida, quando parecia incapaz de resistir aos avanços do adversário, o time carioca passou a atuar no campo do adversário, tentando reduzir a vantagem. Aos três minutos, Henrique fez ótimo cruzamento, e o goleiro Giménez saiu mal, mas Paulinho chegou atrasado e não conseguiu aproveitar o vacilo. Aos oito minutos, Evander recebeu dentro da área e tentou colocar no ângulo, mas acabou errando e mandando para fora.

Aos 13 minutos, Serginho arrancou pelo meio e levantou a bola para a entrada de Álvarez, mas Paulão conseguiu fazer o corte e aliviar o perigo. Logo depois, o mesmo Serginho cruzou, e Lucas Gaúcho cabeceou para fora.

O atacante Rildo entrou no lugar de Wagner e, no seu primeiro lance, fez boa jogada pela esquerda, só parando no goleiro Giménez, que saiu bem e fechou o ângulo. Aos 24 minutos, após boa jogada iniciada por Galhardo, com ótimo lançamento para Rildo, a bola acabou com Desábato, que mandou para fora.

Aos 25 minutos, o Jorge Wilstermann marcou o quarto gol. Serginho bateu falta na área, e Zenteno se antecipou aos zagueiros para cabecear e fazer a festa da equipe da Bolívia.

Aos 34 minutos, Galhardo foi derrubado em cima da linha da grande área, mas o árbitro marcou a falta fora da área, não assinalando o pênalti. Na cobrança, Pikachu encobriu o travessão.

O time da casa respondeu com uma bomba de Meleán, que Martín Silva espalmou para escanteio. Aos 38 minutos, Galhardo e Serginho se desentenderam, e o jogador brasileiro recebeu o cartão vermelho ao atirar a bola na cabeça do atleta da equipe boliviana.

Aos 41 minutos, após cobrança de escanteio, a bola sobrou para Alex Silva, livre na pequena área, e o zagueiro brasileiro isolou, desperdiçando uma grande chance para liquidar a fatura.

Aos 44, foi a vez de Lucas Gaúcho arriscar da entrada da área e mandar por cima, no último lance importante do jogo com a bola rolando. Nos pênaltis, Martín Silva entrou em cena para salvar o Vasco.

FICHA TÉCNICA
JORGE WILSTERMANN 4 (2) X (3) 0 VASCO

Local: Estádio Olímpico Pátria, em Sucre (Bolívia)
Data: 21 de fevereiro de 2018, quarta-feira
Horário: 21h45 (de Brasília)
Árbitro: Wilmar Roldán (Colômbia)
Assistentes: Alexander Guzmán (Colômbia) e Cristian de la Cruz (Colômbia)
Cartões amarelos: Alex Silva e Lucas Gaúcho (Jorge Wilstermann); Martín Silva, Henrique e Ricardo (Vasco)
Cartão vermelho: Thiago Galhardo (Vasco)
Gols:
JORGE WILSTERMANN: Zenteno, aos 5 minutos do primeiro tempo e aos 25 minutos do segundo tempo; Pedriel, aos 6, e Chávez, aos 16 minutos do primeiro tempo

JORGE WILSTERMANN: Arnaldo Giménez, Alejandro Meleán, Alex Silva, Zenteno e Aponte; Saucedo (Ortiz), Pedriel (Lucas Gaúcho) e Chavez (Melgar); Serginho e Álvarez
Técnico: Alvaro Peña

VASCO: Martín Silva, Yago Pikachu, Paulão, Ricardo e Henrique; Leandro Desábato, Wellington, Wágner (Rildo)e Evander (Thiago Galhardo); Paulinho (Riascos) e Andrés Ríos
Técnico: Zé Ricardo

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 23 de Setembro de 2018
Sábado, 22 de Setembro de 2018
10:00
Receita do dia
Sexta, 21 de Setembro de 2018
10:00
Receita do dia
09:00
Santo do dia
Quinta, 20 de Setembro de 2018
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)