Cassilândia, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

13/07/2012 12:35

Vara Cível da comarca de Rio Brilhante será desativada

TJMS

Publicada no Diário da Justiça desta sexta-feira (13) a Resolução nº 73, de 11 de julho de 2012, que altera dispositivos da Resolução nº 221/94 para desativar a 1ª Vara Cível da Comarca de Rio Brilhante.

Assim, na comarca de Rio Brilhante haverá dois juízes, um dos quais exercerá a jurisdição cível e o outro exercerá as jurisdições criminal e da infância e juventude. Os processos da 1ª Vara Cível, que será desativada, serão redistribuídos à 2º Vara Cível, cuja denominação será Vara Cível.

Importante ressaltar que a desativação da 1ª Vara da Comarca de Rio Brilhante não implica em extinção, já que esta poderá ser reativada por Resolução do Órgão Especial, dependendo da demanda de serviços e das condições econômico-financeiras do Poder Judiciário.

Para adoção de tal medida, considerou-se que, até o dia 9 de julho de 2012, tramitavam 737 processos na 1ª Vara Cível e 717 feitos na 2ª Vara Cível, deste, 61 foram interpostas na primeira e 55 na segunda, somente no mês de junho - que é considerado um número baixo para distribuição.

Quando levou a proposta de desativação da vara, o Des. Hildebrando Coelho Neto, presidente do TJMS, lembrou que as duas varas cíveis receberem 22 novas ações no mês de julho e apontou que o número médio de distribuição mensal não representa número considerável de feitos, se comparado a outras comarcas.

\"A média geral de distribuição mensal das varas de competência gravita em torno dde 150 ações novas, a exemplo de Amambai, Aquidauana, Bela Vista, Corumbá, Coxim, Naviraí, Paranaíba, São Gabriel, etc. Além disso, a redução do número de feitos na comarca de Rio Brilhante é consequência da criação, em dezembro de 2006, da comarca de Nova Alvorada do Sul, cujas ações tramitavam em Rio Brilhante\", explicou ele.

Segundo o presidente do TJMS, dois meses a criação da comarca de Nova Alvorada do Sul, a 1ª Vara Cível de Rio Brilhante sofreu uma redução de feitos de 1.472 para 872. Na 2ª Vara Cível os feitos passaram de 877 para 696e na Vara Criminal, de 568 para 538.

Não se pode deixar de mencionar que a mera desativação da 1ª Vara Cível não significará rebaixamento ou mudança de sede da comarca e os servidores da unidade desativada serão realocados em outras unidades judiciárias, sem qualquer prejuízo funcional.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)