Cassilândia, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

06/06/2010 08:26

Vander diz que Justiça já tinha seus sigilos bancários

Campo Grande News

Em nota divulgada no seu site político, o deputado federal Vander Loubet (PT) diz que seus sigilos fiscal e bancário já estavam à inteira disposição da Justiça para esclarecimentos sobre denúncias que o acusam de ter fraudado uma licitação quando foi secretário de governo no primeiro mandato do ex-governador Zeca do PT.

O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal), Marco Aurélio de Mello, mandou quebrar o sigilo bancário de todas as contas do deputado, no período entre 1999 e 2002, a pedido do MPF (Ministério Público Federal).

Também devem ser remetidas ao STF, através da Secretaria da Receita Federal do Brasil, cópias das declarações de imposto de renda do deputado referentes aos quatro anos em que foi secretário.

Para Marco Aurélio, o deputado, como homem público, “tem interesse na elucidação dos fatos, prestando contas aos cidadãos em geral, àqueles que o credenciaram à representação ora exercida”.

De acordo com Vander, como o próprio ministro citou em sua decisão, ele também tem interesse de que os fatos apontados no processo em pauta sejam devidamente esclarecidos. O parlamentar vê a decisão de Marco Aurélio apenas como formalidade de um procedimento comum nesse tipo de caso.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)