Cassilândia, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

17/07/2006 10:23

Valor pago pelo boi gordo é 10% menor que em 2005

Fernanda Mathias/Campo Grande News

O valor pago em junho pelo boi gordo em Campo Grande fechou 10% abaixo do registrado em junho de 2005 e que já era motivo de chiadeira pelo setor. Conforme a Conab (Companhia Nacional de Abastecimento), ficou em R$ 45,10 a arroba no mês passado quando em junho de 2005 estava em R$ 49,84. Em Barretos (SP), a diferença é um pouco menor. A desvalorização sentida em um ano foi de 9%.

A queda no preço do boi gordo foi acirrada após constatação de focos de febre aftosa no Mato Grosso do Sul e Paraná, em outubro do ano passado. Vários mercados permanecem fechados a estes estados, além de São Paulo, como é o caso da Europa. Apesar de somente 20% da produção serem exportados, as vendas externas acabam criando uma baliza para os preços. O consumo doméstico, por outro lado, é afetado com o achatamento da renda e concorrência com frango e suíno, que estão mais baratos.

Enquanto o preço pago ao produtor caiu de forma sensível, para o consumidor, no mercado paulista, destino de 90% da produção de Mato Grosso do Sul, o preço caiu apenas 2,38%, no caso das carnes nobres. No atacado, o quilo de traseiro bovino ficou em junho cotado a R$ 3,68 e estava em junho do ano passado a R$ 3,77.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 18 de Dezembro de 2017
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)