Cassilândia, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

30/06/2006 08:33

Valor pago ao produtor de leite encolhe 16% em junho

Rede Rural

Alguns anos atrás, a chegada do período seco do ano era certeza de recuperação dos preços do leite. Nessa época, os produtores se empenhavam em dar ração suplementar para o gado para alcançar, durante o inverno, uma boa cota de leite entregue à indústria, situação que influía nos preços do produto durante todo o ano. Agora, a situação mudou sensivelmente, fazendo com que o valor do leite se mantenha baixo durante todo o ano.

Neste mês de junho, o preço pago aos produtores subiu 0,75% em comparação com maio, mas recuou 19,53% na comparação com junho do ano passado, considerando-se a inflação do período medida pelo IPCA. O preço médio alcançou R$ 0,4975 por litro na média dos sete Estados pesquisados pelo Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, da USP, sem contar que o produtor normalmente arca com os custos do frete entre a fazenda e a usina de beneficiamento.

Os dados do Cepea mostram que em Goiás a diminuição do poder de compra do produtor foi ainda mais acentuado em relação à média dos sete estados pesquisados, chegando em 21%. "Essa queda é justificada pelo grande volume de leite produzido no estado este ano", conforme revelou o relatório mensal. Em importantes bacias leiteiras do País, como Minas Gerais, Santa Catarina, São Paulo e Bahia, os preços em junho praticamente mantiveram-se estáveis em relação a maio, segundo Cepea.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 10 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)