Cassilândia, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

03/07/2004 11:09

Valor de mercadorias apreendidas é 86% maior que em 2003

Lúcia Nórcio/ABr

O valor das mercadorias apreendidas no primeiro semestre deste ano pela Receita Federal em Foz do Iguaçu, na fronteira Brasil-Paraguai, aumentou 86% em relação ao mesmo período do ano passado.

De acordo com o delegado José Carlos de Araújo, da Receita, a intensificação das operações na BR-277 e na Ponte da Amizade, que liga Foz do Iguaçu a Ciudad del Este (Paraguai), realizadas em parceria com órgãos policiais e a Agência Nacional de Transporte Terrestre (ANTT), está contribuindo para o aumento na quantidade de produtos retidos.

No primeiro semestre do ano passado os fiscais evitaram a entrada de US$ 6,72 milhões em mercadorias contrabandeadas, sem o pagamento de impostos no Brasil. Neste ano, a cifra atingiu US$ 12,49 milhões. Os cigarros lideram a lista de produtos apreendidos no período, totalizando US$ 2.247.183,00. Em seguida vêm informática, eletrônicos e brinquedos.

O delegado explicou ainda que o aumento no valor das apreensões se deve a mudanças no procedimento de fiscalização e ao trabalho conjunto desenvolvido com a Procuradoria de Investigações Criminais, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal e Polícia Militar. “Não houve incremento no número de servidores, o diferencial é a estratégia", acrescentou.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
09:09
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)