Cassilândia, Domingo, 20 de Maio de 2018

Últimas Notícias

03/07/2004 11:09

Valor de mercadorias apreendidas é 86% maior que em 2003

Lúcia Nórcio/ABr

O valor das mercadorias apreendidas no primeiro semestre deste ano pela Receita Federal em Foz do Iguaçu, na fronteira Brasil-Paraguai, aumentou 86% em relação ao mesmo período do ano passado.

De acordo com o delegado José Carlos de Araújo, da Receita, a intensificação das operações na BR-277 e na Ponte da Amizade, que liga Foz do Iguaçu a Ciudad del Este (Paraguai), realizadas em parceria com órgãos policiais e a Agência Nacional de Transporte Terrestre (ANTT), está contribuindo para o aumento na quantidade de produtos retidos.

No primeiro semestre do ano passado os fiscais evitaram a entrada de US$ 6,72 milhões em mercadorias contrabandeadas, sem o pagamento de impostos no Brasil. Neste ano, a cifra atingiu US$ 12,49 milhões. Os cigarros lideram a lista de produtos apreendidos no período, totalizando US$ 2.247.183,00. Em seguida vêm informática, eletrônicos e brinquedos.

O delegado explicou ainda que o aumento no valor das apreensões se deve a mudanças no procedimento de fiscalização e ao trabalho conjunto desenvolvido com a Procuradoria de Investigações Criminais, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal e Polícia Militar. “Não houve incremento no número de servidores, o diferencial é a estratégia", acrescentou.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 20 de Maio de 2018
15:18
Cassilândia/Itajá
Sábado, 19 de Maio de 2018
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)