Cassilândia, Quarta-feira, 18 de Janeiro de 2017

Últimas Notícias

29/09/2004 06:42

Vai subir o rio São Francisco em barco de garrafas pet

Ana Davini/ Emiliana Ghi
divulgaçãodivulgação

O empresário paulista Eduardo de Carvalho, de 31 anos, prepara-se para uma grande aventura. De maio a agosto do próximo ano ele subirá o rio São Francisco a bordo de um barco, no mínimo, inusitado: toda a parte inferior, usada para flutuação, é formada por 2.040 garrafas pet.

Apesar da estranheza, o projeto da embarcação, que foi desenvolvido por um engenheiro naval e conta com 22 pés de comprimento, já foi aprovado pelo Ministério da Marinha. Agora Carvalho busca patrocínios para executar a idéia.

A viagem começará no porto fluvial de Pirapora (MG) e terminará em Juazeiro (BA). Serão 6 mil quilômetros ao todo, sendo 1.578 quilômetros navegando ao longo do rio e o restante por estrada, cruzando cinco estados (Minas Gerais, Bahia, Pernambuco, Alagoas e Sergipe), inúmeras cidades, parques nacionais e diversas áreas de potencial turístico.

Durante o percurso, Carvalho fará palestras de educação ambiental em algumas cidades, explicando a importância da reciclagem de lixo, do uso racional da água e até mostrando brinquedos que se pode fazer com garrafas pet, como carrinhos e helicópteros. Considerando que a maioria das comunidades que ficam às margens do rio é carente, o projeto ganha uma dimensão ainda maior.

“Os aspectos mais importantes do projeto são mostrar o grave problema da poluição provocada pelo lixo doméstico, as possibilidades e benefícios da reciclagem e, simultaneamente, divulgar lugares com potencial turístico e comercial ainda inexplorados de forma eficiente”, explica o empresário.

A principal força motriz do barco é a eólica, mas existem possibilidades de utilizar remos e motor. Para um melhor desempenho e total segurança ao projeto, foram feitos inúmeros testes em Natal (RN).

Além disso, o barco conta com GPS, 24 cartas topográficas, rádio VHF, luzes de sinalização, bússola, buzina, dois extintores de incêndio, vela reserva e equipamento completo de sobrevivência, entre outros. Durante todo o percurso contará ainda com o apoio de um barco inflável, que prestará abastecimento logístico e, se necessário, socorro.

AD Comunicação & Marketing

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 18 de Janeiro de 2017
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Terça, 17 de Janeiro de 2017
23:53
Loteria
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)