Cassilândia, Sexta-feira, 25 de Maio de 2018

Últimas Notícias

24/11/2005 17:21

Vai demorar três dias o incêndio na Algodoeira RS

Jovemsulnews (Fernandes dos Santos)

Exatamente ao meio-dia, depois de forte ventania, uma chuva forte caiu sobre Chapadão do Sul. Seguiu-se uma chuva intermitente que continua nesta tarde. Até agora choveu 17 milímetros.

Houve esperança de que o aguaceiro pudesse apagar o fogo que ainda arde na Algodoeira RS, desde as 3 horas da madrugada.

A água da chuva ajuda os bombeiros, mas não consegue extinguir o incêndio. Há falta de água na cidade. Todos os poços disponíveis, da Prefeitura, SANESUL, Sindicato Rural e de fazendas e empresas vizinhas são utilizados para abastecer os caminhões-pipa e as carretas agrícolas, mas não conseguem vencer as chamas.

No início da tarde chegou de Paranaíba (MS) o comandante regional do Corpo de Bombeiros, o tenente Trombini, acompanhado de um cabo, para assumir o comando da operação rescaldo.

De Campo Grande vieram 10 homens em dois veículos. Agora são 19 homens e mulheres do Corpo de Bombeiros trabalhando no local.

A remoção dos fardos é lenta. No início, uma única pá-carregadeira não conseguia avançar sobre a enorme montanha de pluma. Agora houve o reforço de um trator adaptado para carregar fardos e de uma retroescavadeira. Falta pá-carregadeira no local para agilizar o trabalho.

Os fardos são apagados para em seguida entrarem as máquinas que igualmente precisam ser resfriadas tal a intensidade do calor. Ao serem removidos os fardos, há oxigenação do espaço, e novas labaredas aparecem.

É um trabalho perigoso e delicado a ser realizado sem pressa.

Estima o comandante Trombini que o rescaldo somente será concluído dentro de três dias.

Permanecerá o Corpo de Bombeiros no local do incêndio até não existir mais perigo de expansão do fogo a outras instalações da empresa sinistrada ou a prédios das suas proximidades.

Neste momento continua a chuva, seguida de rajadas de vento vindos do noroeste. A posição do vento continua favorecendo a proteção das demais construções no local. O barracão incendiado localiza-se ao sul da planta industrial afetada.

Rodolfo Schlatter, proprietário da empresa, chegou de Brasília, onde participou de reuniões na ABRAPA, Associação Brasileira dos Produtores de Algodão, ontem (23/11), na CNA, justamente para debater a grave crise por que passa a cotonicultura. Chegou às 13 horas, circulou pelo pátio da indústria, conversou com algumas pessoas e com o Tenente Trombini e retirou-se da área.



Fonte: Jovemsulnews (Fernandes dos Santos)

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 25 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Quinta, 24 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)