Cassilândia, Domingo, 30 de Abril de 2017

Últimas Notícias

03/02/2007 13:16

Vacinar contra vírus HPV custa mais de mil reais

Irene Lôbo/ABr

Brasília - Vacinar uma pessoa contra o papilomavírus humano (HPV) custa atualmente mais de mil reais. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) estipulou em R$ 364 o preço máximo da vacina e é necessário tomar três doses (total de R$ 1.092) para ter garantia de estar livre do vírus, principal causador do câncer de colo de útero.

A distribuição gratuita na rede pública de saúde ainda deve ser avaliada por um grupo de trabalho antes de se tornar realidade. De acordo com o médico infectologista Marcelo Joaquim Barbosa, do Programa Nacional de DST/Aids do Ministério da Saúde, o custa da dose é um dos assuntos a serem discutidos. “Hoje ainda está inviável [distribuir a vacina] por causa do valor. Nos EUA, a vacina custa US$ 120 (cerca de R$ 255) a dose”.

O governo também precisa definir quem deve receber a vacina, caso seja mesmo adotada no Sistema Único de Saúde (SUS). E para isso precisa de informações, opina o médico. “Por exemplo, qual a estimativa de meninas que têm HPV no Brasil? Nós temos a estimativa de pessoas sexualmente ativas, dos 15 até os 49 anos, mas isso entre homens e mulheres. Para a introdução da vacina, acho que o primeiro grupo a ser contemplado com essas vacinas seriam as meninas”.

A pesquisadora e principal autora da vacina no Brasil, Luísa Lina Villa, espera que em pouco tempo o remédio possa atingir todas as faixas etárias. Em relação ao custo, afirma que os governos poderão negociá-lo com as companhias farmacêuticas e a própria Organização Mundial da Saúde (OMS), a fim de que seja reduzido, viabilizando seu uso em programas nacionais de imunização.

“Este é um problema mundial e nós contamos com a OMS para inclusive contribuir nas discussões. As empresas estão obviamente abertas a essa discussão porque entendem que é importante esta vacina estar disponível para quem mais precisa dela, normalmente pessoas que não terão recursos. Em alguns anos, esperamos que isso esteja amplamente implementado”.

Segundo Marcelo Barbosa, o grupo de trabalho para estudar a introdução da vacina no país será formado pelo Programa Nacional de Imunização, pelos programas de Saúde da Mulher e de Saúde da Criança e do Adolescente e pela Rede de Atenção Básica.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) já autorizou a comercialização da vacina Gardasil para os quatro tipos de HPV (6, 11, 16 e 18) ao valor máximo de R$ 364,16 a dose. Mas o laboratório Merck Sharp & Dohme, criador da vacina, recorreu do valor e espera a tramitação do processo.



Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 30 de Abril de 2017
Sábado, 29 de Abril de 2017
Sexta, 28 de Abril de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)