Cassilândia, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

19/10/2005 14:20

Vacinação precisa ser discutida, diz Sérgio Assis

Janaina Gaspar

Durante a sessão ordinária desta quarta-feira (19) da Assembléia Legislativa, o deputado estadual Sérgio Assis (PSB) destacou a necessidade de se avaliar a vacinação contra a febre aftosa do rebanho bovino do Estado. Segundo o deputado, existem países da Europa que não vacinam seus rebanhos e mesmo assim possuem certificado de área livre de aftosa, inclusive com licença para exportação.

“Não estou dizendo que a vacinação é ineficaz, mas estamos tendo um exemplo de que só a vacinação não adianta. Acredito que o Estado precisa avaliar bem a grave situação que estamos enfrentando. Temos o exemplo de que na região do Pantanal a vacina é anual e lá não existe incidência de foco. Será que o problema é o tipo de vacina? Enfim, minha preocupação é gastarmos tempo e dinheiro em uma medida que não está rendendo bons resultados”, argumentou o parlamentar.

Sérgio Assis também ressaltou a necessidade da melhoria dos salários dos médicos veterinários que atuam como fiscais da Agência Estadual de Defesa Sanitária, Animal e Vegetal (Iagro).

“São 110 fiscais que recebem um salário muito pequeno, sem reajustes a mais de três anos. Isso acaba refletindo na atuação destes profissionais”, avaliou.

Ele finalizou acrescentando que a entrada clandestina de rebanho infectado do Paraguai em território sul-mato-grossense precisa ser investigada com firmeza.



Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
09:09
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)