Cassilândia, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

25/04/2006 06:07

Vacinação da poulação indígena em MS começou ontem

Daniel L’acosta/ABr

Teve início ontema Campanha de Vacinação dos Povos Indígenas do Brasil. O lançamento foi na aldeia Pirajuí, no município de Paranhos, Mato Grosso do Sul.

De acordo com a Fundação Nacional de Saúde (Funasa), a meta é imunizar 37 mil índios localizados em 21 Distritos Sanitários Especiais Indígenas (Dseis) dos estados do Amazonas, Acre, Roraima, Tocantins, Pará, Mato Grosso, Pernambuco, Bahia, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

O presidente da Funasa, Paulo Lustosa, disse que "serão aplicadas durante a campanha doses do calendário básico de vacinação indígena como poliomelite, tetravalente, hepatite B, tríplice viral, dupla adulto, BCG, pneumococo 23, varicela, febre amarela e influenza, além de rotavírus e pentavalente [que previne contra o tétano, difteria, coqueluche, hib e hepatite B]".

Segundo Lustosa, o público prioritário é composto por crianças, mulheres em idade fértil, gestantes e adultos maiores de 60 anos.

"Outra prioridade foi estabelecida a partir de critérios como baixas coberturas vacinais nas aldeias, fragilidade das informações sobre imunizações nestas áreas, mobilidade interfronteiras desses povos e necessidade de estruturar a vacinação de rotina", informou.

Lustosa disse ainda que participam da campanha cerca de dois mil profissionais, entre enfermeiros, auxiliares e técnicos de enfermagem e Agentes Indígenas de Saúde (AIS).

Os gastos com o trabalho de imunização poderão passar de R$ 2 milhões, segundo a Funasa. "Existem áreas que nós só podemos chegar de avião ou de helicóptero. Outro problema é que os profissionais de saúde para trabalhar nessas áreas inóspitas e difíceis e você tem que ta pagar diária além da remuneração, porque são áreas de insalubres áreas de riscos e outras séries de conseqüências que você pode ter", Explicou Lustosa.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 10 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)