Cassilândia, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

14/11/2005 16:45

Usinas: protesto pode ter definido futuro de projeto

João Prestes/Campo Grande News

O presidente da CCJR (Comissão de Constituição, Justiça e Redação), deputado estadual Onevan de Mattos (PDT), está convencido de que o projeto que permite instalação de usinas de açúcar e álcool na bacia do Alto Paraguai terá parecer contrário, sobretudo depois das manifestações dos últimos dias. O ambientalista Francisco Anselmo Barros ateou fogo ao próprio corpo em protesto contra a medida, no sábado, vindo a falecer no dia seguinte. Seu gesto motivou declarações de autoridades a respeito do projeto, inclusive da ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, que também se declarou contrária à presença das usinas na bacia do rio Paraguai.

O deputado Onevan de Mattos é contra a proposta por considerá-la inconstitucional sob vários aspectos, mas citou a resolução do Conama (Conselho Nacional de Meio Ambiente), que veda os órgãos nacional e estadual de emitirem licenciamentos para empreendimentos na região, como o principal entrave.

“Não adianta a Assembléia aprovar o projeto e depois os órgãos do governo não poderem conceder a licença ambiental.” O projeto está em tramitação na CCJR e na próxima semana o relator, deputado Roberto Orro (PDT), deve apresentar seu parecer. Além de Onevan, já se declarou contra a matéria o deputado Valdenir Machado (PRTB). Outro membro da Comissão, Antônio Carlos Arroyo (PL) estava propenso a apoiar a matéria. Akira Otsubo (PMDB) e o relator Roberto Orro (PDT) não declararam posições.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 10 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)