Cassilândia, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

26/06/2010 13:17

Uruguai bate a Coreia do Sul e vai às quartas

G1

O Uruguai fez história neste sábado. Após 40 anos, a Celeste volta a figurar entre as oito melhores seleções do planeta. Com uma vitória sofrida de 2 a 1 sobre a Coreia do Sul, em Porto Elizabeth, o time - com a velha fibra que lhe é característica - chegou às quartas de final da Copa da África do Sul. Os gols que colocaram os sul-americanos na próxima fase do torneio foram marcados pelo atacante Luis Suárez. No primeiro, ele contou com uma senhora ajuda do goleiro Jung Sung Ryong. No segundo, anotou uma pintura sem chances para o arqueiro rival.

Agora, o Uruguai, que não passava das oitavas de final desde o Mundial de 1970, espera o vencedor do duelo entre Estados Unidos e Gana que ainda se enfrentam neste sábado, às 15h30m (20h30m no horário sul-africano).

Coreia assusta, mas goleirão vacila

Apesar de entrar com uma formação um tanto defensiva, com cinco homens no meio de campo e apenas um na frente, a Coreia do Sul começou a partida partindo para cima do Uruguai. Aos três minutos, Maxi Pereira fez falta em Park Ji Sung na entrada da área. Na cobrança, o atacante Park Chu Young, que fora elogiado pelo técnico Oscar Tabárez na véspera do duelo, carimbou a trave direita de Muslera.

O Uruguai fez história neste sábado. Após 40 anos, a Celeste volta a figurar entre as oito melhores seleções do planeta. Com uma vitória sofrida de 2 a 1 sobre a Coreia do Sul, em Porto Elizabeth, o time - com a velha fibra que lhe é característica - chegou às quartas de final da Copa da África do Sul. Os gols que colocaram os sul-americanos na próxima fase do torneio foram marcados pelo atacante Luis Suárez. No primeiro, ele contou com uma senhora ajuda do goleiro Jung Sung Ryong. No segundo, anotou uma pintura sem chances para o arqueiro rival.

Agora, o Uruguai, que não passava das oitavas de final desde o Mundial de 1970, espera o vencedor do duelo entre Estados Unidos e Gana que ainda se enfrentam neste sábado, às 15h30m (20h30m no horário sul-africano).

Coreia assusta, mas goleirão vacila

Apesar de entrar com uma formação um tanto defensiva, com cinco homens no meio de campo e apenas um na frente, a Coreia do Sul começou a partida partindo para cima do Uruguai. Aos três minutos, Maxi Pereira fez falta em Park Ji Sung na entrada da área. Na cobrança, o atacante Park Chu Young, que fora elogiado pelo técnico Oscar Tabárez na véspera do duelo, carimbou a trave direita de Muslera.

O Uruguai fez história neste sábado. Após 40 anos, a Celeste volta a figurar entre as oito melhores seleções do planeta. Com uma vitória sofrida de 2 a 1 sobre a Coreia do Sul, em Porto Elizabeth, o time - com a velha fibra que lhe é característica - chegou às quartas de final da Copa da África do Sul. Os gols que colocaram os sul-americanos na próxima fase do torneio foram marcados pelo atacante Luis Suárez. No primeiro, ele contou com uma senhora ajuda do goleiro Jung Sung Ryong. No segundo, anotou uma pintura sem chances para o arqueiro rival.

Agora, o Uruguai, que não passava das oitavas de final desde o Mundial de 1970, espera o vencedor do duelo entre Estados Unidos e Gana que ainda se enfrentam neste sábado, às 15h30m (20h30m no horário sul-africano).

Coreia assusta, mas goleirão vacila

Apesar de entrar com uma formação um tanto defensiva, com cinco homens no meio de campo e apenas um na frente, a Coreia do Sul começou a partida partindo para cima do Uruguai. Aos três minutos, Maxi Pereira fez falta em Park Ji Sung na entrada da área. Na cobrança, o atacante Park Chu Young, que fora elogiado pelo técnico Oscar Tabárez na véspera do duelo, carimbou a trave direita de Muslera.

O Uruguai fez história neste sábado. Após 40 anos, a Celeste volta a figurar entre as oito melhores seleções do planeta. Com uma vitória sofrida de 2 a 1 sobre a Coreia do Sul, em Porto Elizabeth, o time - com a velha fibra que lhe é característica - chegou às quartas de final da Copa da África do Sul. Os gols que colocaram os sul-americanos na próxima fase do torneio foram marcados pelo atacante Luis Suárez. No primeiro, ele contou com uma senhora ajuda do goleiro Jung Sung Ryong. No segundo, anotou uma pintura sem chances para o arqueiro rival.

Agora, o Uruguai, que não passava das oitavas de final desde o Mundial de 1970, espera o vencedor do duelo entre Estados Unidos e Gana que ainda se enfrentam neste sábado, às 15h30m (20h30m no horário sul-africano).

Coreia assusta, mas goleirão vacila

Apesar de entrar com uma formação um tanto defensiva, com cinco homens no meio de campo e apenas um na frente, a Coreia do Sul começou a partida partindo para cima do Uruguai. Aos três minutos, Maxi Pereira fez falta em Park Ji Sung na entrada da área. Na cobrança, o atacante Park Chu Young, que fora elogiado pelo técnico Oscar Tabárez na véspera do duelo, carimbou a trave direita de Muslera.

A Celeste respondeu logo em seguida com um chute de primeira de Forlán. O goleiro Jung Sung Ryong agarrou firme. No entanto, aos sete minutos, o arqueiro mostrou que não era assim tão confiável e falhou feio em um cruzamento rasteiro e despretensioso de Forlán. Sem ter nada a ver com isso, o artilheiro Luis Suárez, completamente sozinho, abriu o placar no estádio Nelson Mandela Bay.

O erro de Jung Sung abalou os sul-coreanos, que passaram a errar passes fáceis e tentar bolas longas contra a bem postada defesa rival. Os uruguaios, por sua vez, com a vantagem no marcador, atuavam com absoluta tranquilidade.

A prova da segurança sul-americana foi que somente aos 31 minutos a Coreia voltou a chegar com perigo, e mesmo assim em um chute de fora da área. Após jogada iniciada por Park Ji Sung, o atacante Park Chu Young arrematou de canhota em lance que assustou o goleiro Muslera. A dupla de “Parks” era a única que conseguia, um pouco, incomodar a zaga comandada pelo ex-são-paulino Diego Lugano.

Maxi Pereira tenta, mas coreano corta com a mão

Pouco antes do término do primeiro tempo, Suárez teve chance de ampliar em um dos vários contra-golpes puxados por Forlán. Mas o meia Ki Sung Yueng, usando uma das mãos, chegou a tempo de travar o chute do lateral Maxi Pereira que chegou de surpresa no ataque. O juiz alemão Wolfgang Stark ignorou o toque e não marcou o pênalti.

No segundo tempo, o técnico Oscar Tabárez arrumou dois problemas: Godín, que voltou a sentir problemas estomacais, deu lugar a Victorino. O outro foi o gramado que, criticado pelo treinador uruguaio no dia anterior, dava sinais de desgaste, ainda mais com a chuva que desabou em Porto Elizabeth após o intervalo.


Coreia do Sul pressiona

Nas arquibancadas, os sul-coreanos, mais organizados maioria entre os pouco menos de 30 mil espectadores presentes, tentavam incentivar sua seleção, que ameaçou aos quatro em um bom cruzamento do lateral Lee Young Pyo cortado por Fucile na pequena área. Na sequência, Park Chu Young, sozinho na grande área, desperdiçou uma oportunidade clara de empate.

Empolgados, os sul-coreanos ditavam o ritmo, encurralando a Celeste em seu campo de defesa. Ao contrário do primeiro tempo, Forlán e Suárez não conseguiam organizar contra-ataques nem prender a bola no campo adversário. Ji Sung Park, aos 13, teve nova chance. Mas sua cabeçada acabou sendo defendida por Muslera.


Abafa e empate

Vendo que sua equipe estava com o total controle da partida, o técnico Huh Jong Moo ousou e sacou o meia Kim Jae Sung e colocou mais um atacante: Lee Dong Gook.

E a substituição acabou surtindo efeito. Com um homem mais na frente, a Coreia do Sul, na base do abafa e fazendo jus ao apelido de “Guerreiros Taeguk”, chegou a igualdade aos 23 com Lee Chung Yong, de cabeça, após um lance mal cortado pela, até então, invicta defesa uruguaia que acabou sofrendo seu primeiro gol no Mundial. Um minuto depois, o camisa 17 teve excelente oportunidade de fazer o segundo, mas acabou chutando em cima do arqueiro uruguaio.

A resposta sul-americana veio somente aos 27. Suarez, aproveitando uma linha de impedimento mal executada pela defesa rival, chutou cruzado para boa defesa de Jung Song Ryong.


Golaço de Suárez

O lance despertou a Celeste que, debaixo de muita água, passou a agredir mais os sul-coreanos em busca da vitória ainda no tempo normal. E a recompensa não demorou a chegar. Aos 30, Luis Suarez fez jogada individual pelo esquerda e bateu com efeito no ângulo oposto de Jung Sung Ryong. O goleiro se esticou todo, mas em vão. 2 a 1 para o Uruguai em um golaço de Suárez, novo artilheiro do Mundial ao lado de David Villa, Vittek e Higuaín com três gols.

Aos 42 minutos, a Coreia assustou os uruguaios com um chute cruzado de Park Chu Young, que passou por baixo do goleiro Muslera. Lugano, bem posicionado, salvou o gol de empate e a vaga uruguaia. Nos minutos finais, com muita garra e aplicação tática, os sul-americanos garantiram presença entre as oito melhores seleções do Mundial da África do Sul.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
20:20
Loteria
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
03:14
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)