Cassilândia, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

17/09/2005 08:06

União só reassume rodovias se Estado devolver dinheiro

João Prestes / Campo Grande News

Em entrevista à rádio Gaúcha, em Maceió (AL), o presidente Luiz Inácio Lula da Silva mandou um duro recado aos governadores que “estadualizaram” rodovias federais em troca de recursos e agora querem devolvê-las à União. O presidente disse que só aceita reassumir a manutenção das estradas se os governadores devolverem o dinheiro que receberam do governo federal.

"Tudo bem, me devolva a estrada, mas me devolva o dinheiro também (...) porque o dinheiro foi usado para pagar funcionário", disse o presidente.

No ano passado, Mato Grosso do Sul assumiu a manutenção de 685 quilômetros de rodovias federais, recebendo como compensação da União R$ 89,1 milhões, dos quais R$ 45 milhões foram repassados em julho do ano passado, R$ 25 milhões em janeiro e o restante, R$ 19,1 milhões, junho deste ano, conforme cronograma estabelecido.

O governador Zeca do PT já procurou o Ministério dos Transportes não para tentar devolver as rodovias à União, mas para substituir alguns trechos: 112,5 quilômetros da BR-463, entre Ponta Porã e Dourados, outros 37,9 quilômetros da BR-060, entre Nioaque e Guia Lopes e também de 91,8 quilômetros da mesma rodovia entre Jardim e Bela Vista.

Em troca, o Estado estaria disposto a assumir os 245,4 quilômetros da BR-060, a partir do entroncamento da BR-163, na localidade de São Pedro e Capim Verde (acesso a Camapuã) até Chapadão do Sul, na divisa de Mato Grosso do Sul com Goiás. O governador alega que as rodovias que deseja substituir dão acesso à fronteira e, portanto, a fiscalização compete à Polícia Rodoviária Federal.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
03:14
Loteria
Terça, 06 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)