Cassilândia, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

16/10/2005 08:30

União preocupada com chegada da gripe do frango ao País

Humberto Marques / Campo Grande News

O governo federal já prepara uma série de ações preventivas contra a possível entrada da influenza aviária (a gripe do frango) em território nacional. Em nota divulgada hoje, o GSI (Gabinete de Segurança Institucional) da Presidência da República disse que o grupo técnido da biodefesa estará encarregado de elaborar medidas de defesa contra o vírus H5N1 – causador da doença. O GT se reuniu na última quinta-feira, para “estudar, avaliar, articular ações e propor medidas preventivas quanto a possíveis ameaças de doenças que possam pôr em risco a segurança da sociedade”. O trabalho será realizado com base no Plano de Contingência para a Pandemia de Influenza, que está sendo elaborado pelo Ministério da Saúde.

De acordo com a Radiobrás, a intenção com o plano é “estabelecer ações de prevenção, preparo e resposta rápida para a defesa animal e humana”. Produção de vacinas e compra de insumos para a fabricação de remédios estão entre as principais ações previstas no combate à gripe do frango. “Nós vamos fazer tudo que for possível, comprar todas as vacinas que for preciso comprar, fabricar aquelas que nós soubermos fabricar, para que a gente possa proteger os nossos aviários e que a gente continue exportando os frangos”, disse hoje o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que está em viagem a Salamanca (Espanha).

O presidente demonstrou mais preocupação com a influenza aviária do que com o foco de aftosa descoberto no sul de Mato Grosso do Sul. “O que me preocupa agora não é nem mais a febre aftosa, sobre a qual já temos experiência. O que me preocupa agora é a febre (gripe) aviária, porque essa parecia que não ia chegar no Brasil e agora já há sinais de que está na Colômbia, então precisamos tomar muito cuidado”, afirmou Lula – que ainda terá de aprovar o plano do GSI.

Segundo a OMS (Organização Mundial de Saúde), a contaminação de aves pelo vírus H5N1 é preocupante, por aumentar a possibilidade da ocorrência de casos em seres humanos. Mas o órgão destaca que todas as provas existentes até agora indicam que o vírus não é transmitido facilmente das aves para o ser humano.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 12 de Dezembro de 2017
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)