Cassilândia, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

28/12/2005 09:15

União estuda "retomar" estradas repassadas aos Estados

Humberto Marques / Campo Grande News

O governo federal planeja decretar estado de emergência em 11 mil km de estadas federais, para que as mesmas sejam alvo de obras de reparos sem a necessidade de se abrir processo licitatório. A expectativa seria aplicar cerca de R$ 200 milhões na recuperação urgente das vias, como informou a Folha Online. A decisão partirá do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, sendo divulgada até sexta-feira. Os serviços teriam início já em janeiro, e seriam concluídos em até três meses.

Segundo o ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão, Paulo Bernardo, as vias em questão encontram-se em situação peculiar: elas fariam parte de um grupo de estradas que, em 2002, foi repassado ao controle dos Estados, com verbas de R$ 1,89 bilhão para a recuperação. Os valores foram utilizados no pagamento de salários e outras despesas, deixando as vias em condições precárias. Na semana passada, a ministra Dilma Roussef (Casa Civil) informou que o governo estuda retomar as estradas, em caráter temporário, promover os reparos e novamente devolve-las aos Estados.

Os R$ 200 milhões representem menos de 20% dos R$ 1,89 bilhão repassados em 2002, mas, segundo Bernardo, seria apenas parte de um plano do governo para as rodovias federais, que estima obras no valor de R$ 2 bilhões.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)