Cassilândia, Domingo, 11 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

16/11/2004 15:23

Unesco destaca programa de formação de professores

Assessoria / MEC

A Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura (Unesco) constatou que o Programa de Formação de Professores em Exercício (Proformação), desenvolvido pelo Ministério da Educação, tem contribuído para reduzir as desigualdades regionais e sociais no Brasil. A conclusão consta do Relatório de Monitoramento Global Educação para Todos (EFA), elaborado pela entidade.

O programa, iniciativa da Secretaria de Educação a Distância (Seed/MEC) oferece formação a professores da primeira à quarta série da rede pública que não têm magistério. Criado há cinco anos, já qualificou mais de 30 mil professores. “É um programa que funciona por adesão. Oferecemos a assinatura de um convênio nos estados ou municípios onde haja professores sem a habilitação mínima para o ensino fundamental”, explicou Luciane Andrade, coordenadora nacional do Proformação.

“O curso é composto de quatro módulos. Ao fim de cada um, realizamos uma fase presencial, reunindo todos os cursistas”, afirmou Luciane. Além da reunião geral, os professores têm encontros quinzenais com os tutores para discussão do conteúdo, tirar dúvidas e expor dificuldades. Em 2004, foram destinados R$ 8,6 milhões à formação de dez mil educadores.

O relatório da Unesco também avaliou de maneira positiva o Fundo de Fortalecimento da Escola (Fundescola); o Bolsa-Escola, vinculado ao Bolsa-Família; o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério (Fundef); o Aprendizado Acelerado; e o Programa Nacional do Livro Didático (PNLD). De acordo com o documento da Unesco, que mede o progresso geral de 127 países rumo à educação para todos, o Brasil ficou na 72ª posição geral.

ProInfantil – A partir dos resultados obtidos pelo Proformação, o MEC vai lançar em 2005 o ProInfantil para a qualificação de professores de creches e pré-escola. Até 2007, serão investidos R$ 22 milhões no novo programa. De acordo com o último Censo Escolar, 10,5% dos docentes que atuam em creches de todo o País têm apenas o ensino fundamental.

Os dados apontam, ainda, que 11% dos professores, embora tenham concluído o ensino médio, não freqüentaram o magistério. Nas salas de pré-escola, 3,1% dos educadores cursaram até a quarta série e 4% não têm magistério.


Repórter: Flavia Nery

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 10 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)