Cassilândia, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

26/11/2017 12:30

Uma doação de sangue pode salvar até quatro vidas

Portal Brasil

 

No Brasil, apenas 1,8% da população doa sangue, porcentagem superior à recomendada pela Organização Mundial da Saúde (OMS), de 1%, mas que pode melhorar. Neste sábado (25), foi comemordo o Dia do Doador Voluntário de Sangue para reforçar a importância do ato: uma doação pode salvar até quatro vidas.

A doação é um procedimento simples e executado em hemocentros em todo o País. No total, existem 27 centros coordenadores e 500 serviços de coleta no Brasil. Por ano, 3,5 milhões de brasileiros realizam transfusões sanguíneas.

A estudante de enfermagem Leonara Almeida, 19 anos, começou a doar sangue voluntariamente no começo deste ano. Nesta semana, irá doar pela terceira vez. Ela conta que desde os 16 anos já tinha vontade de colaborar. “Acho que a doação é algo que me faz bem. Quando faço a doação me sinto colaborando para o bem”, conta.

Para ela, o número de doadores é baixo pois falta solidariedade: “Acho que as pessoas não vêem mais a necessidade de ajudar o outro, isso vem se perdendo. É preciso ela passar por determinada situação para compreender a necessidade”.

Fim de ano

No fim do ano, a situação fica ainda mais crítica. Com as festividades, há mais acidentes, como batidas de carro, que muitas vezes exigem transfusões e sobrecarregam os hemocentros. Além disso, em algumas cidades, a população viaja e há redução de doações, como é o caso de Brasília.

O sangue é insubstituível em atendimentos de urgência, cirurgias, tratamentos de câncer e doenças crônicas — qualquer pessoa pode vir a precisar de sangue um dia.

“Há necessidade maior porque é período de férias, as pessoas viajam, e os bancos baixam. Muitos acidentados que vêm de outros estados, pacientes com câncer. Por isso esse desabastecimento”, explica Camila Bezerra, chefe do Núcleo de Triagem de Sangue do Hemocentro de Brasília. Para engajar a população, o hemocentro manda emails e cartas para que os doadores virem colaboradores frequentes.

Para doar, é preciso ter entre 18 a 69 anos, estar em boas condições de saúde e pesar no mínimo 50kg.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
09:09
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)