Cassilândia, Segunda-feira, 01 de Junho de 2020

Últimas Notícias

06/04/2020 06:25

Um outro perigo: secretário alerta a população

Silvia Frias, Campo Grande News

 

Com a maior incidência de casos de dengue no Brasil, Mato Grosso do Sul pode ter números ainda mais críticos da doença, cerca de 400 mil notificações, segundo o secretário de Estado de Saúde, Geraldo Rezende.

“É um número perverso”, disse Rezende, em transmissão online, acrescentando que o período de quarentena também serve para as famílias se atentem aos cuidados necessários para evitar a proliferação do mosquito Aedes aegipty.

“O que fazer ficando em casa? Agora é hora de se debruçar no assunto que é motivo de muita preocupação, que é a dengue, vamos fazer na nossa casa a campanha Mosquito Zero”, disse.

O secretário apresentou dados alarmantes sobre a incidência da dengue no Estado: até agora, são 40.215 notificações, com 21 mortes e 17 em investigação. Somente na microrregião Campo Grande, são 16.556 notificações, seguida de Dourados (13.579), Três Lagoas (6.120) e Corumbá (3.960).

A incidência no Estado representa 1,5 mil para cada 100 mil habitantes, classificada como alta, exceto em apenas três municípios, que apresentam média incidência. “Mas já estamos em epidemia”, disse.

O número de notificações é ainda pior se levar em conta a estimativa de um caso conhecido para dez não identificados, o que pode significar cerca de 400 notificações. “Cuidar da da dengue é fundamental, são números bastante expressivos, que incomodam e envergonham”.

NR: Cassilândia teve uma morte no ano passado e outra neste ano.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 31 de Maio de 2020
09:52
Cassilândia
08:52
Cassilândia/Lagoa Santa/São João do Aporé
Sábado, 30 de Maio de 2020
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)