Cassilândia, Segunda-feira, 29 de Maio de 2017

Últimas Notícias

05/01/2009 15:15

Um morto e dois feridos em acidente em plataforma

Alana Gandra, ABr

Rio de Janeiro - A Petrobras confirmou hoje (5), por meio de nota, o acidente ocorrido ontem (4) na plataforma FPSO JK (P-34), que opera no campo de Jubarte, a 130 quilômetros de Vitória (ES). O acidente teria sido provocado por falha de uma válvula de bloqueio na plataforma e provocou a morte do caldeireiro William Robson Vasconcelos, 28 anos, contratado da empresa UTC Engenharia, que presta serviço à Petrobras.

Além da morte de Vasconcelos, o acidente causou ferimentos leves em outros dois empregados terceirizados da estatal, também contratados da UTC Engenharia: Mário Alves de Souza e Marivaldo Pedro Alves de Souza. Eles foram medicados e liberados, segundo a companhia.

Os órgãos competentes já foram informados sobre o acidente pela Petrobras. A estatal criou uma comissão técnica para analisar as suas causas. A produção da plataforma P-34 foi suspensa temporariamente, mas a empresa já está providenciando sua retomada. De acordo com a nota, a Petrobras e a UTC Engenharia estão prestando toda assistência à família do caldeireiro morto.

Batizada de FPSO JK em homenagem ao ex-presidente Juscelino Kubitschek de Oliveira, a P-34 produz petróleo no campo de Jubarte desde o final de 2006, em um reservatório situado acima da camada de sal. Sua localização próxima ao poço (1-ESS-103A), descobridor de óleo no pré-sal, permitiu que a Petrobras antecipasse a produção do pré-sal naquele estado, segundo a assessoria de imprensa da estatal. A P-34 tem capacidade de produção de 60 mil barris de petróleo/dia em lâmina d’água de 1.350 metros de profundidade.



Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 29 de Maio de 2017
Domingo, 28 de Maio de 2017
Sábado, 27 de Maio de 2017
10:00
Receita do Dia
Sexta, 26 de Maio de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)