Cassilândia, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

12/07/2009 17:38

UEMS se reúne com Puccinelli, que garante reajuste

João Humberto, Campo Grande News

Na sexta-feira à tarde os professores da UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) foram recebidos pelo governador André Puccinelli (PMDB). Após a reunião, eles saíram esperançosos com a abertura do diálogo para que a crise financeira que assola a instituição seja resolvida.

Conforme a professora Margarete Soares da Silva, presidente do Aduems (Sindicato dos Professores da UEMS), que representa os 621 docentes atuantes em Dourados e em outras 15 cidades sul-mato-grossenses, houve um início de entendimento entre a instituição e o governo.

Margarete também enfatizou que em 2007 o governador revogou a lei da Autonomia da UEMS, que estabelecia percentuais de repasse à universidade. Segundo ela, o terceiro artigo da lei 2.583 estabelecia que os recursos orçamentários e financeiros destinados à instituição seriam calculados anualmente com base na receita tributária prevista para o respectivo exercício financeiro e que seriam garantidos os índices percentuais com aumentos gradativos até alcançar em 2008, o patamar de 3% da receita tributária líquida.

Na prática, não foi isso que aconteceu, segundo a professora, já que o governo deveria repassar recursos calculados em R$ 83.073.600,00, mas foram repassados apenas R$ 55.378.488,32, equivalentes somente a 66,66% da verba devida para a instituição. Nesse ano o repasse deveria ser de R$ 90 milhões, porém somente R$ 65 milhões foram repassados.

Correção Salarial - Durante a reunião com Puccinelli, além do aumento do repasse destinado ao custeio da UEMS, foram apresentadas as reivindicações trabalhistas dos professores e técnicos administrativos. Foi solicitada a correção salarial de 15%, aumento do auxilio alimentação retroativo a fevereiro de 2009 e mudança da data-base para os meses de janeiro de cada ano.

O governador, segundo Margarete, concedeu apenas 6% de reajuste salarial aos professores e as demais reivindicações ficaram sem respostas. No entanto, segundo a sindicalista, ele se comprometeu a não diminuir nominalmente nem percentualmente os repasses feitos à UEMS, referente ao exercício de 2009.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)