Cassilândia, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

13/10/2008 14:45

UEMS quer R$ 24 milhões a mais do que proposto por André

Aline dos Santos - Campo Grande News

Depois da polêmica do repasse, a UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) e o governo do Estado protagonizam outro impasse às vésperas do envio do orçamento à Assembléia Legislativa. Conforme o reitor Gilberto José de Arruda, o Conselho Universitário pleiteia obter R$ 89 milhões do orçamento 2009, contudo, o governador André Puccinelli (PMDB) quer repassar apenas o essencial ao custeio da instituição: R$ 65 milhões.

De acordo com o reitor, a receita que não for para custeio entraria no orçamento como investimento. Entretanto, durante entrevista sobre a peça orçamentária, no valor de R$ 7,5 bilhões, o governador adiantou que, caso o governo arrecade menos do que o previsto, o primeiro setor a ser cortado será o de investimento.

Nesta segunda-feira, a participação da UEMS no orçamento foi tema de uma breve conversa entre Arruda e Puccinelli na Governadoria. O reitor espera agendar uma reunião para esta semana, entretanto o governo remete a previsão de gastos à Assembléia já na próxima quarta-feira.

Acessibilidade – A UEMS espera recursos de R$ 11 milhões para investir, principalmente, em acessibilidade. “Em Paranaíba, o custo de manutenção dos elevadores é de R$ 35 mil”, exemplifica. Neste ano, quando o custeio da instituição de ensino deve consumir R$ 62 milhões, o gasto com pagamento de dívida foi de cerca de R$ 2 milhões. “Se essa dívida não existisse, daria para construir 2 mil metros quadrados”, afirma Arruda.

A universidade espera ampliar o número de vagas em 25%. Atualmente, são 1.850 vagas em 15 unidades. A UEMS possui 7.500 alunos. No fim de 2007, o governo repassou R$ 7 milhões para que a universidade investisse em infra-estrutura.

Repasse – Em julho deste ano, a Assembléia considerou inconstitucional o repasse de 3% da receita tributária para a universidade. A decisão veio na última sessão antes do recesso, que foi marcada por protesto dos universitários.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)