Cassilândia, Sábado, 24 de Outubro de 2020

Últimas Notícias

18/03/2020 19:44

UEMS divulga instrução de funcionamento das unidades neste momento de Covid-19

INSTRUÇÃO NORMATIVA PROE-UEMS N. 001, DE 17 DE MARÇO DE 2020 foi publicada na edição desta quarta-feira (10.118) do Diário Oficial do Estado de Mato Grosso do Sul.

Redação
UEMS divulga instrução de funcionamento das unidades neste momento de Covid-19

INSTRUÇÃO NORMATIVA PROE-UEMS N. 001, DE 17 DE MARÇO DE 2020.

Dispõe sobre as orientações e recomendações a serem seguidas pelas coordenações e colegiados dos cursos de graduação da UEMS no período de estado de emergência decorrente da coença Coronavírus - COVID - 19.

A PRÓ-REITORA DE ENSINO DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MATO GROSSO DO SUL, no uso de suas atribuições que lhes são conferidas pelo Regimento Geral e Resolução COUNI nº 479, de 23/06/2016,

CONSIDERANDO as recomendações da Organização Mundial da Saúde acerca do COVID-19; a Nota Informativa número 01/2020 – COE/SES/MS;

CONSIDERANDO a Portaria UEMS N. 016, de 13 de março de 2020 que constitui o Comitê Multidisciplinar de Ações de Urgências e Emergências em Saúde da Fundação Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (CAUES/UEMS) com o objetivo de subsidiar a gestão em questões inerentes a assuntos urgentes na área da saúde, de repercussão nacional;

CONSIDERANDO a Portaria UEMS N. 018, de 16 de março de 2020 que torna pública as medidas de proteção para enfrentamento da urgência e emergência de saúde pública decorrente da doença Coronavírus (COVID-19) no âmbito da Fundação Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS);

CONSIDERANDO a Portaria UEMS N. 019, de 16 de março de 2020 que suspende as atividades acadêmicas presenciais nas Unidades Universitárias da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul – UEMS, por 30 (trinta) dias, a partir do dia 18 de março de 2020 e recomenda sua substituição por atividades remotas;

CONSIDERANDO o estado de exceção pontuado pela situação de emergência em saúde pública ocasionada pela COVID-19;

R E S O L V E:

Art. 1º Caberá as Coordenações de Curso definir junto aos membros do seu colegiado, em consulta que poderá ser feita via web, as medidas a serem adotadas com a finalidade de garantir aos/as alunos/as o cumprimento do plano de ensino, de acordo com a carga horária da disciplina ou módulo e conteúdo programático relativo ao período de suspensão das atividades acadêmicas presenciais;

Art. 2º O curso que fizer a opção pelo uso das Tecnologias da Informação e Comunicação (TICs), o colegiado deverá seguir o disposto na Portaria 018/2020 artigos 5º e 6º, os quais detalham os meios a serem utilizados enquanto ferramentas de ensino e aprendizagem;

Art. 3º O curso que fizer opção por suspender todas as atividades didático-pedagógicas fica o colegiado na figura do seu presidente, ou seja, o/a coordenador/a do curso, responsável por apresentar um calendário de reposição das aulas e demais atividades de ensino referentes ao período da suspensão das atividades acadêmicas presenciais;

Art. 4º Independente das opções constantes nos artigos 3º e 4º, compete a coordenação de curso a apresentação de um Plano de Trabalho explicitando a forma de organização do trabalho didático, no sentido de garantir aos/as alunos/ as o acesso aos conteúdos e atividades inerentes ao ensino, bem como retratar a condução do acompanhamento desse processo pelo docente responsável pela disciplina ou módulo. Este plano de trabalho deverá ser enviado aos respectivos Núcleos de Ensino e ao gabinete da PROE (proe@uems.br) até 23 de março de 2020, impreterivelmente até as 23 h e 59 min;

Art. 5º O Colegiado de Curso deverá informar quais as disciplinas/módulos ou atividades práticas e estágios que poderão ser desenvolvidas utilizando as TICs;

Art. 6º Nos 15 (quinze) primeiros dias da suspensão das aulas, não deverão ser realizadas atividades avaliativas. Em caso da suspensão estender-se por mais tempo, novas orientações serão repassadas as coordenações de cursos;

Art. 7º A Diretoria de Educação a Distância (DEAD) ficará responsável por dar suporte aos docentes que optarem pelo uso do moodle;

Art. 8º A coordenação do curso e secretaria acadêmica ficarão responsáveis por repassar aos docentes os contatos dos/as discentes matriculados/as nas disciplinas do curso (e-mail e celular). Caso o/a docente opte por atividades via moodle, caberá a coordenação enviar também o CPF do/a aluno/a para cadastro na sala de aula virtual;

Art. 9º Recomenda-se que cada Unidade Universitária organize um espaço físico com computadores e impressora para uso de alunos/as que não possuem acesso à internet e computadores fora da universidade, como forma de viabilizar a todos/as o acesso às atividades remotas. Para isso, deverá ser feito um cronograma de atendimento em, pelo menos, um turno. Unidades como Aquidauana, Cassilândia e Dourados, situadas fora do perímetro urbano, poderão organizar este espaço na cidade via parceria;

Art. 10 Os cursos deverão traçar estratégias específicas para atendimento pedagógico a alunos/as do primeiro ano com o objetivo de evitar que estes/as retornem para suas aldeias, cidades ou estados quando for o caso, gerando desistências;

Art. 11 Caberá a coordenação e colegiado de curso realizar a avaliação deste processo de forma contínua e ao final, zelar pelo cumprimento do exposto na Portaria 018 e 019 de 2020 e Plano de Trabalho de seu curso.

Art. 12 Os casos omissos serão analisados pela Pró-Reitoria de Ensino.

Art. 13 Esta instrução normativa entrará em vigor a partir de 18/03/2020.

Maria José de Jesus Alves Cordeiro
Pró-Reitora de Ensino

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 24 de Outubro de 2020
Sexta, 23 de Outubro de 2020
Quinta, 22 de Outubro de 2020
15:02
Saber não ocupa lugar
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)