Cassilândia, Quinta-feira, 27 de Abril de 2017

Últimas Notícias

22/09/2016 07:30

Uber começa operar nesta quinta com carros compactos

Midiamax

Finalmente o que todo mundo queria saber! A Uber inicia as operações em Campo Grande nesta quinta-feira (22), às 14 horas, tornando-se a 23ª cidade do Brasil a oferecer a plataforma. Segundo Pedro Prochno, gerente de comunicações da Uber no Brasil, os serviços serão iniciados com a modalidade uberX, com carros compactos e preços acessíveis e competitivos. “Nossa intenção é que haja um motorista parceiro a 5 minutos de distância de alguém que precise se movimentar em Campo Grande”, explica Pedro. 

Como ação de marketing, o gerente de comunicações da Uber no Brasil diz que em cada cidade um usuário é convidado para fazer a primeira viagem pelo Uber. “Em Campo Grande não poderia ser diferente, convidamos Michel Teló para estrear o serviço aqui”, conta ele.

O funcionamento do aplicativo para os usuarios é exatamente como alguns já experimentaram e todos já ouviram falar. O usuário faz um cadastro informando dados pessoais e o pagamento é feito através do aplicativo com cartão de crédito ou Paypal. É possível compartilhar a rota com amigos e familiares. Após ter solicitado o veículo, é possível acessar as informações do carro e do motorista, além de trocar mensagens e fazer ligações anonimamente.

“O aplicativo e as camadas de tecnologia que garantem a segurança também são as mesmas. Os motoristas fazem um cadastro e passam por uma verificação de antecedentes criminais, os documentos do carro são verificados, e somente após essas análises os motoristas parceiros passam a receber chamados da população” conta o gerente da Uber.

A utilização da tecnologia para realizar eventos do cotidiano é uma das questões da Uber. “Nossa linha é que as pessoas repensem o uso do carro ou até mesmo da posse de veículos e façam um uso mais inteligente. O uberX proporciona isso”, sugere Pedro Prochno. Os carros compactos utilizados pelo uberX precisam ter 4 portas e ar condicionado, ser do ano de 2008 ou mais novos e não há restrição de cor.

Pedro diz que a Uber não informa a quantidade de motoristas cadastrados nas cidades. “Mais do que a quantidade de motoristas parceiros, a Uber quer que as pessoas tenham sempre um carro a 5 minutos de distância delas, então como os motoristas parceiros são livres para trabalhar o dia que quiserem, a hora que quiserem, durante o tempo que quiserem, não importa quantos carros há disponível, mas sim que haja um número suficiente de motoristas para que tenha um carro a 5 minutos de quem precisa. Este número pode oscilar durante o dia”. Pedro não abre o número de motoristas parceiros cadastrados, mas vários taxistas de Campo Grande afirmam que aproximadamente 200 pessoas aderiram à Uber.

Mesmo que em Campo Grande o serviço esteja iniciando com carros compactos, não será impossível conseguir um automóvel de padrão de luxo. Pedro diz que “a Uber nasceu com o UberBLACK, que é um serviço high-end, com carros sedan de luxo, equipados com bancos de couro, ar condicionado e cor escura e, com o tempo, foi migrando para se tornar uma opção acessível para as pessoas se locomoverem pelas cidades”, entretanto aqueles que possuírem carros no padrão UberBLACK podem se cadastrar no aplicativo.

O modelo de cobrança das viagens com o uberX, tem um valor inicial de R$ 2,50 e é cobrado R$ 1,10 por quilômetro rodado e R$ 0,15 por minuto. Se um trajeto de 5 quilômetros foi feito em 10 minutos o valor será de R$ 9,50 (R$ 2,50 + 5 x R$ 1,10 + 10 x R$ 0,15). A taxa mínima e o valor de cancelamento (desistências realizadas após 5 minutos do pedido) é de R$ 5,00.

Uber X Taxistas
O gerente de comunicação diz que a Uber não concorre com o serviço tradicional de táxi e explica que é uma empresa de tecnologia. “Na política nacional de mobilidade urbana, que é uma lei federal (Política Nacional de Mobilidade Urbana - PNMU Lei Federal 12.587/2012), há duas classificações para transporte individual de passageiros, o de transporte individual público - que regulamenta os táxis - e de transporte individual privado, que não tem regulamentação e é o que a gente busca nas cidades, ou seja, são duas categorias diferentes”, explica ele.

Perguntado sobre uma possível reação por parte dos taxistas, ele afirma que é natural que eles tenham algum receio no início, mas acredita que com o tempo eles perceberão que a Uber é mais uma opção de renda. “Nossa equipe de operação informou que alguns motoristas de táxi se cadastraram para ser motoristas parceiros da Uber. E essa é a beleza da tecnologia, poder escolher onde gerar renda. A barreira de entrada da Uber é um carro, desde que a pessoa tenha acesso a um carro, seja dela, de um parente ou amigo, é possível se cadastrar na plataforma”, pontua Pedro.

De acordo com ele, há um público bem diverso de motoristas parceiros. Alguns usam a plataforma para gerar renda em tempo integral, outros usam como fonte de renda parcial, ou seja, tem emprego e fazem da Uber uma renda extra. E há quem ofereça o serviço com um objetivo de economizar dinheiro para algo específico.

Mais sobre a Uber
Presente em mais de 70 países e mais de 449 cidades, a Uber emprega mais de 7 mil funcionários mundo e tem mais de 10 mil motoristas parceiros no Brasil. A empresa foi fundada oficialmente em junho de 2010 em São Francisco, nos Estados Unidos.No Brasil a plataforma estreiou no Rio de Janeiro, na época da Copa de 2014. São Paulo, Belo Horizonte, Brasília e Porto Alegre foram as próximas cidades a receberem o serviço.

 

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 26 de Abril de 2017
Terça, 25 de Abril de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)