Cassilândia, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

12/10/2005 08:38

Turner desmente versão de doleiro na CPI dos Correios

Marcos Chagas/ABr

O operador de mercado Najun Turner desmentiu, ontem (11), a versão apresentada pelo doleiro Antônio Oliveira Claramunt, conhecido como Toninho da Barcelona, à Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) dos Correios. Claramunt disse que quando dividiam a mesma cela, na Polícia Federal, ouviu de Turner que o então presidente da Câmara dos Deputados, Severino Cavalcanti, teria recebido R$ 8 milhões em troca de apoio ao governo. Parte destes recursos, segundo Claramunt, teria sido repassada pela corretora Bônus Banval.

Turner disse que sabia apenas da existência de uma conversa gravada entre o doleiro e um de seus funcionários, na qual se afirmava que havia um político endividado necessitando de "um empréstimo". O operador se recusou a revelar o nome deste político, "por questões éticas", e informou que a gravação encontra-se na 6º Vara da Justiça Federal de São Paulo.

Os parlamentares da CPMI ainda insistiram para que Turner revelasse o nome do político endividado, mas ele encerrou a discussão com a frase: "Uma palavra vale uma moeda, o silêncio vale duas moedas". O operador negou conhecer o empresário mineiro Marcos Valério de Souza.

Sobre Toninho da Barcelona, Turner disse que ele se mostrou confuso e irritado quando viu informações publicadas na imprensa de que ele seria "doleiro do PT". E por isso recomendou que procurasse o senador Eduardo Suplicy (PT-SP), considerado uma pessoa "séria e idealista". O operador afirmou ainda que se colocou à disposição de Barcelona para tentarem um contato telefônico com Suplicy, mas que o assunto não foi adiante.

Diante das contradições nos depoimentos, a senadora Ideli Salvati (PT-SC) apresentou requerimento para que seja feita a acareação, na Polícia Federal, entre Najun Turner; o empresário Marcos Valério de Souza; o dono da empresa Natimar, Carlos Quaglia, e o dono da corretora Bônus Banval, Enivaldo Quadrado.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
20:20
Loteria
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
03:14
Loteria
Terça, 06 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)