Cassilândia, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

06/02/2007 14:20

Turismo: MS deve executar projeto piloto do Prodetur Sul

A convite do Ministério do Turismo, a secretária de Produção (Seprotur), Tereza Cristina Corrêa da Costa Dias, em nome do governo estadual, discutiu ontem (5), em Brasília, a elaboração de um projeto piloto para o fortalecimento do turismo na Serra da Bodoquena. Trata-se do Programa de Desenvolvimento do Turismo no Sul do Brasil (Prodetur Sul), financiado pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), e nas esferas estadual e federal, com recursos na ordem de R$ 133 milhões a ser aplicado nas regiões de Bonito, Bodoquena e Jardim.

Segundo a diretora do Departamento de Programas Regionais de Desenvolvimento do Turismo, Suzana Dieckmann, entre os estados integrantes do Programa (Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Mato Grosso do Sul), no momento, o que mais tem condições de viabilizar o empréstimo é Mato Grosso do Sul.

De acordo com o coordenador do Prodetur Sul/MS, Domingos Sávio de Souza Mariúba, que também participou da reunião, a discussão serviu exatamente para analisar o interesse do Estado em assumir uma operação de crédito para viabilizar parte dos recursos necessários na implantação do projeto. “Por se tratar de um programa que tem como meta o desenvolvimento sustentável da atividade turística, somado a geração de emprego e renda, e ainda a inclusão social pelo trabalho, o ressultado da execussão desse programa é de interesse do governo estadual, pois trará grandes benefícios para economia sul-mato-grossense”, ressalta Domingos Sávio.

Como investimento antecipado de R$ 3,1 milhões no programa, o Ministério do Turismo celebrou um convênio ano passado com a Sanesul para a excussão do sistema de esgoto de Bodoquena. A viabilização do saneamento na cidade além de ser uma ação de saúde pública é indispensável para o desenvolvimento do turismo, uma vez que a maior parte da atividade se faz através do uso dos mananciais daquela região.

A partir de agora o governo estadual deve encaminhar ao Ministério um documento confirmando o interesse do Estado em permanecer no programa, bem como de dar continuidade as ações previstas pelo mesmo.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)