Cassilândia, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

08/04/2008 17:59

Tumulto interrompe venda de bens pessoais de Abadia

Bruno Bocchini/ABr

São Paulo - Os bens pessoais do traficante colombiano Juan Carlos Ramírez Abadía, apreendidos na Operação Farrapos da Polícia Federal, voltarão a ser vendidos apenas às 12h de amanhã (9). No primeiro dia de funcionamento do bazar, no Jockey Club de São Paulo, a grande procura pelos produtos causou tumulto hoje (8) e os organizadores suspenderam as vendas às 14h – o bazar foi aberto às 12h e funcionaria até as 20h.

Parte do dinheiro arrecadado com as vendas será revertida para instituições beneficentes, como Fundação Julita; Instituição Beneficente Israelita Ten Yad; Asilo São Vicente de Paulo; Casa do Cristo Redentor; Fraternidade Irmã Clara e Projeto de Incentivo à Vida.

O bazar está programado para ocorrer até domingo (13). No entanto, os organizadores disseram acreditar que até lá não haverá mais o que vender. Além de produtos como eletrodomésticos, objetos de decoração e roupas, dois veículos estão à venda: um Ford Rural Willis e um Jeep Willys Overland. Na sexta-feira (9) haverá leilão a partir das 20h para bens de maior valor, como relógios, canetas e bicicletas.

Onze carros, de modelos como Xsara Picasso e Renault Scénic, que pertenciam ao traficante, já foram destinados a entidades assistenciais, como o Asilo São Vicente de Paulo e Fraternidade Irmã Clara. Outros cinco carros de luxo serão leiloados eletronicamente em duas sessões, nos dias 28 de abril e 9 de maio.

À Polícia Federal foi destinado um carro Hyundai Tucson, para execução de trabalhos de segurança e investigação. O juiz Fausto Martin de Sanctis, que condenou o traficante a 30 anos de reclusão, também determinou que R$ 1,6 milhão encontrados nos pertences de Abadía fossem destinados à Superintendência da Polícia Federal Regional de São Paulo, para aprimoramento de seu sistema de segurança.



Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
13:15
Cassilândia
09:00
Maternidade
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)