Cassilândia, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

25/06/2009 17:39

Tuma: contratos de empréstimo consignados em análise

Agência Senado

O corregedor do Senado, Romeu Tuma (PTB-SP), informou à imprensa, nesta quinta-feira (25), que todos os contratos de concessão de empréstimo consignado da Casa já estão sendo analisados pelo Banco Central, pela polícia e pelo Ministério Público, incluindo os intermediados pela empresa do neto do presidente do Senado, José Sarney. A imprensa denunciou a existência de uma companhia para intermediar esses empréstimos, que tem entre os sócios José Adriano Sarney, filho do deputado Zequinha Sarney.

Essa averiguação já estaria sendo feita por causa de supostas irregularidades nas concessões feitas por meio da empresa que o ex-diretor de Recursos Humanos, João Carlos Zoghbi, teria aberto em nome de uma senhora de 80 anos. Por este motivo, para Tuma, a empresa de José Adriano também já estaria no escopo da investigação.

- Quem for polícia sabe que tem que pegar todos os envolvidos. Por que o delegado pediu cópia de todos os contratos que foram efetivados? Para jogar fora? Ele quer saber tudo que ocorreu. Por que pedimos membros do Banco Central para fazer cruzamentos? Porque tem que buscar todas as ocorrências com respeito aos empréstimos consignados, inclusive corretagem - afirmou.

Tuma ressaltou ainda que a Corregedoria está acompanhando todas as investigações, mas aguardará os resultados concretos para só então agir, isso se houver algum parlamentar que tenha agido "com falta de ética", já que a Corregedoria "tem limitações e só pode apurar contra senador".

- A Corregedoria só pode entrar quando confirmar que um senador cometeu um ato criminoso - lembrou.

Tuma disse ainda que conversará com o 3º secretário, senador Mão Santa (PMDB-PI), a respeito de outra denúncia publicada pela imprensa: a permissão para que uma funcionária comissionada contratada pelo senador Sarney, viúva de um ex-motorista do parlamentar, segundo a imprensa, ocupe a moradia destinada ao zelador em um dos prédios funcionais do Legislativo. Mão Santa é o responsável pela administração dos apartamentos funcionais e repassará "todas as informações a respeito do assunto", segundo Tuma.

Anteriormente Mão Santa se manifestou a respeito do assunto em Plenário e disse que tomará "todos os procedimentos jurídicos" necessários, e não adotará "dois pesos e medidas", apesar de ressaltar a condição humilde da servidora. Ele também revelou que três senadores já devolveram os apartamentos que ocupavam.

Elina Rodrigues Pozzebom / Agência Senado

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)