Cassilândia, Terça-feira, 22 de Maio de 2018

Últimas Notícias

16/06/2005 12:52

TST marca o dia do referendo sobre o desarmamento

Stênio Rodrigues/ABr

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) marcou para 23 de outubro deste ano a realização do referendo popular sobre a comercialização de armas no país. Para viabilizar essa data, o Congresso Nacional precisa aprovar ainda este mês o projeto de decreto legislativo que autoriza a consulta popular, conforme assegurou o presidente do TSE, ministro Carlos Velloso, ao presidente do Congresso, senador Renan Calheiros (PMDB-AL).

De acordo com informação liberada pela Assessoria de Comunicação Social do TSE, o ministro Velloso recebeu ontem à noite o senador Renan Calheiros, acompanhado pelos deputados João Paulo Cunha (PT-SP) e Raul Jungman (PMDB-PE). Todos interessados em saber se haveria tempo hábil para a Justiça Eleitoral realizar a consulta popular ainda este ano, uma vez que foram divulgados comentários de que o TSE necessitaria de 150 dias para fechar o cadastro de eleitores.

O ministro Velloso ressaltou, porém, que a máquina eleitoral do país está mais ágil, e é possível levantar todo o cadastro eleitoral e realizar o referendo no prazo de 90 dias. Diante dessa constatação, os parlamentares convidaram o presidente do TSE para uma visita, na próxima terça-feira (21), ao presidente da Câmara, deputado Severino Cavalcanti (PP-PE), para negociarem o encaminhamento imediato da votação da matéria.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 22 de Maio de 2018
Segunda, 21 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Domingo, 20 de Maio de 2018
15:18
Cassilândia/Itajá
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)