Cassilândia, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

28/12/2004 14:04

TST: empregadores recorrem mais do que empregados

Agência Brasil

A iniciativa de recorrer de decisão de segunda instância no Tribunal Superior do Trabalho é, principalmente, dos empregadores. De acordo com o setor de estatísticas do TST, quase dois terços dos recursos são apresentados por empresas.

Em 2004, 68% dos recursos foram apresentados pelas empresas e 27% pelos empregados. Em 3% das causas, ambos recorreram e em 2% foram outros, como o Ministério Público do Trabalho, que tiveram essa iniciativa. Do total de 97.455 processos julgados em 2003, 70% são recursos patronais, 25% dos empregados, 3% das duas partes e 2% de outros (o Ministério Público do Trabalho, por exemplo).

No ranking de empresas com maior número de recursos, divulgado este ano pelo TST, as instituições financeiras são predominantes. Entre as 12 primeiras, sete são desse setor. A expectativa do presidente do TST, ministro Vantuil Abdala, é de que esse ranking estimule as empresas a avaliar a estratégia jurídica nesses litígios.

O ministro afirma que inúmeros processos tratam de questões que têm jurisprudência consolidada no TST e a interposição de recursos como agravos e embargos muitas vezes representa apenas ônus para as empresas, já que são causas perdidas.

As informações são do TST.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)