Cassilândia, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

05/11/2014 14:25

TSE libera dados de eleição ao PSDB para auditoria

Correio do Estado

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu na noite de terça-feira conceder ao PSDB, partido do candidato derrotado à Presidência Aécio Neves, acesso aos sistemas de votação, apuração e totalização de votos das eleições do mês passado para que o partido possa realizar uma auditoria própria do resultado do pleito.

O presidente do tribunal, Dias Toffoli, afirmou ao apresentar voto pela aprovação durante sessão do plenário do TSE que a legislação já concede acesso aos dados solicitados a partidos políticos, coligações, Ministério Público e Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

"Verifica-se que a pretensão do partido político, tratada com certo estardalhaço em notas divulgadas à imprensa, se constitui em nenhuma inovação ou solicitação que já não tenha sido previamente garantida por este tribunal, na forma prevista nas resoluções editadas, com grande antecedência em relação à data das eleições”, disse Toffoli em seu voto, segundo nota no site do TSE.

A corte aprovou o pedido do PSDB por unanimidade. Os ministros do tribunal rejeitaram, no entanto, a solicitação do partido para que fosse formada uma comissão pluripartidária para a análise comum dos dados, alegando que o PSDB não tem legitimidade jurídica para atuar em nome de outras legendas.

O deputado federal Carlos Sampaio (PSDB-SP), que coordenou a área jurídica da campanha de Aécio à Presidência, pediu na semana passada ao TSE uma auditoria da eleição alegando que seu pedido visava afastar os rumores que, segundo ele, têm crescido nas redes sociais de que teria havido fraude na eleição.

Segundo ele, a medida não representava uma contestação ao resultado da eleição, em que a presidente Dilma Rousseff foi reeleita pela margem mais estreita desde a redemocratização.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 10 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)