Cassilândia, Sábado, 25 de Novembro de 2017

Últimas Notícias

18/08/2007 07:46

TSE devolve mandato de Pudim

Iolando Lourenço e Marcos Chagas /ABr

Brasília - Por força de uma liminar concedida pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), anteontem (16), o deputado Geraldo Pudim (PMDB-RJ) continua a exercer o seu mandato. O TSE suspendeu, até que o mérito da matéria seja julgado, a decisão do Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE-RJ) que cassou o mandato do parlamentar com perda de direitos políticos por três anos, por abuso do poder econômico nas eleições de 2006.

A representação contra Pudim foi impetrada pela Procuradoria Regional Eleitoral do estado. Segundo os procuradores, em agosto de 2006, a então governadora Rosinha Matheus e o seu marido e ex-governador do Rio Anthony Garotinho, se comprometeram em asfaltar ruas no município de Sapucaia, em apoio a candidatura de Geraldo Pudim.

O ministro Carlos Ayres de Brito, relator do processo, considerou que a medida cautelar tinha procedência na medida em que os ministros do TSE ainda não possuem um juízo formado a respeito do mérito da representação.

Também nesta quinta-feira, o procurador-geral da República, Antônio Fernando de Souza, ofereceu denúncia ao Supremo Tribunal Federal (STF) contra Pudim, Anthony Garotinho e o deputado estadual Álvaro Lins. Segundo o procurador, os acusados teriam montado um esquema de captação de votos para favorecê-los nas eleições de 2006.

Antônio Fernando de Souza argumenta na representação que os envolvidos no esquema ofereceram vantagens a candidatos num concurso para investigador da Polícia Civil do estado. O objetivo era facilitar a convocação de pessoas que ficaram na lista de excedentes no concurso. Em troca, ressalta o procurador, cada um destes excedentes trabalhariam nas campanhas dos dois candidatos para angariar votos.



Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 25 de Novembro de 2017
Sexta, 24 de Novembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 23 de Novembro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)