Cassilândia, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

18/08/2007 07:46

TSE devolve mandato de Pudim

Iolando Lourenço e Marcos Chagas /ABr

Brasília - Por força de uma liminar concedida pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), anteontem (16), o deputado Geraldo Pudim (PMDB-RJ) continua a exercer o seu mandato. O TSE suspendeu, até que o mérito da matéria seja julgado, a decisão do Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE-RJ) que cassou o mandato do parlamentar com perda de direitos políticos por três anos, por abuso do poder econômico nas eleições de 2006.

A representação contra Pudim foi impetrada pela Procuradoria Regional Eleitoral do estado. Segundo os procuradores, em agosto de 2006, a então governadora Rosinha Matheus e o seu marido e ex-governador do Rio Anthony Garotinho, se comprometeram em asfaltar ruas no município de Sapucaia, em apoio a candidatura de Geraldo Pudim.

O ministro Carlos Ayres de Brito, relator do processo, considerou que a medida cautelar tinha procedência na medida em que os ministros do TSE ainda não possuem um juízo formado a respeito do mérito da representação.

Também nesta quinta-feira, o procurador-geral da República, Antônio Fernando de Souza, ofereceu denúncia ao Supremo Tribunal Federal (STF) contra Pudim, Anthony Garotinho e o deputado estadual Álvaro Lins. Segundo o procurador, os acusados teriam montado um esquema de captação de votos para favorecê-los nas eleições de 2006.

Antônio Fernando de Souza argumenta na representação que os envolvidos no esquema ofereceram vantagens a candidatos num concurso para investigador da Polícia Civil do estado. O objetivo era facilitar a convocação de pessoas que ficaram na lista de excedentes no concurso. Em troca, ressalta o procurador, cada um destes excedentes trabalhariam nas campanhas dos dois candidatos para angariar votos.



Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
20:20
Loteria
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)