Cassilândia, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

05/11/2006 10:24

TSE começa a divulgar prestação de conta de candidatos

Keite Camacho/ABr

Brasília - O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) publicou em sua página eletrônica a prestação de conta de 20 dos 27 senadores eleitos por cada estado da federação no primeiro turno das eleições deste ano. Os candidatos tinham como prazo final da entrega da declaração de arrecadação e despesa da campanha, com os devidos recibos, o dia 31 de outubro.

Entre os que entregaram e os dados estão divulgados na página do tribunal, Marconi Perillo (PSDB), eleito senador por Goiás, foi o que mais arrecadou na região Centro-oeste: cerca de R$ 3,5 milhões. Entre as doações recebidas, estão recursos da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), de usineiros e instituições financeiras.

No sudeste, Eliseu Resende (PFL), eleito senador por Minas Gerais, foi o que arrecadou mais: cerca de R$ 2,5 milhões. Entre os recursos estão doações do governador reeleito por Minas Gerais, Aécio Neves; doações de empresas de construção civil; e recursos próprios.

Mozarildo Cavalcanti (PTB), eleito senador por Roraima, foi o que mais recebeu doações na região Norte. Foram cerca de R$ 5,5 milhões, obtidos por meio do comitê financeiro do PMDB-RR; de uma companhia de táxi aéreo, a Paramazonia; e, a maior parte dos recursos, totalizando R$ 5,1 milhão, é proveniente de uma única pessoa, o banqueiro José João Abdalla Filho, primeiro suplente da candidata a senadora pelo PPS, Maria Teresa Jucá. Ela perdeu a vaga para Cavalcanti.

Já na região Nordeste, formada por nove estados, apenas em dois não foi possível verificar as contas dos eleitos ao Senado: Ceará e Bahia. Das contas disponíveis, a de maior arrecadação é a de João Vicente Claudino (PTB), eleito senador pelo Piauí. Foram R$ 3,2 milhões, provenientes de doações de pessoas físicas, da empresa de táxi aéreo Tamandaré e da Claudino Lojas de Departamentos. Na região Sul, os dados dos senadores eleitos não estava disponível.

Dados do TSE, apontaram, no entanto, que, de todos aqueles que deveriam prestar as contas até a data (candidatos a senadores, deputados e governadores que ganharam ou perderam a disputa no primeiro turno), ou seja, 19.959 pessoas, 38,91% não entregaram os documentos na data certa.


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)