Cassilândia, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

28/03/2008 09:06

TSE cassa mandato de deputado por infidelidade

O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) cassou hoje (27), por infidelidade partidária, o mandato do deputado federal Walter Brito Neto (PRB-PB), pedido pelo Diretório Nacional do DEM. O DEM baseou o pedido em resolução do próprio TSE, segundo a qual o mandato pertence ao partido, e não ao parlamentar. Brito Neto deixou o DEM, partido pelo qual foi eleito, e se filiou ao PRB.

A cassação foi aprovada por unanimidade, na forma do voto do relator, ministro José Delgado. De acordo com nota do TSE, o deputado cassado pode recorrer da decisão interpondo embargos de declaração e recurso ao STF (Supremo Tribunal Federal), se houver prequestionamento de matéria constitucional.

O julgamento do pedido do Democratas começou no dia 26 de fevereiro e foi suspenso duas vezes por pedidos de vista.

Na sessão plenária de hoje (27), o ministro Marcelo Ribeiro votou com o relator, destacando que a circunstância de assumir o mandato como suplente não afasta os efeitos da resolução do TSE sobre fidelidade partidária.

Na eleição de 2006, Walter Brito Neto ficou com a primeira suplência do cargo de deputado federal e foi diplomado pelo DEM. Em 3 de outubro de 2007, comunicou o afastamento ao diretório estadual do DEM e em 4 de outubro ao diretório municipal do partido em Campina Grande, Paraíba. Brito Neto alegou, na ocasião, que seus princípios pessoais não se coadunam com os rumos que o DEM vinha tomando. Em novembro do mesmo ano, o suplente de deputado se filiou ao PRB e assumiu o mandato com a renúncia do deputado Ronaldo Cunha Lima, eleito pelo PSDB.




Agência Brasil

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 18 de Dezembro de 2017
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)