Cassilândia, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

16/01/2015 14:00

Trio matou adolescente ao lhe pregar um susto para punir furto de TV

Campo Grande News

O trio acusado de matar o adolescente Marcos Vinícius da Silva Barbosa, 17 anos, no dia 2 de janeiro de 2014, no Jardim Novo Século, pretendia apenas pregar um susto na vítima atirando em sua direção, porém um dos disparos o atingiu. O jovem furtou a casa de Antônio Marcos Ferreira Chaves, 33 anos, o que motivou o crime.

Conforme o delegado titular da 5ª delegacia de polícia, Jairo Carlos Mendes, Antônio viajou com a família, entre os dias 31 de dezembro e 2 de janeiro, e ao chegar em sua residência, percebeu que sua casa foi furtada, sendo que três televisores foram levados, além de outros objetos.

Alguns dias depois, Antônio comentou do furto para o cunhado, proprietário de uma conveniência. Anderson Filiu Silva, 20 anos, estava no local e reconheceu o possível autor do crime, que seria Marcos. Então, os dois, junto com Marcelo Neves, 34 anos, foram até a casa do adolescente.

Marcos Vinícius acabou confessando o furto e revelou que os objetos estavam na casa do comparsa, identificado como Menor. O trio e o adolescente foram até o local e recuperaram os objetos.

Na volta, eles colocaram Marcos dentro de um veículo Volkswagen CrossFox preto, do cunhado de Antônio, e o levaram até um matagal, nas proximidades do Jardim Colibri. No local, os três desferiram vários golpes contra o menor e pediram para que ele corresse.

O adolescente entrou no matagal, quando Antônio resolveu disparar um tiro para cima, e Marcelo efetuou vários em direção a Marcos, somente para dar um susto na vítima, “sem intenção de matar”. Porém, um dos disparos atingiu as costas da vítima, de acordo com o delegado.

O rapaz fugiu e tentou pedir socorro em uma casa, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

Anderson foi preso pelo Batalhão de Choque da Polícia Militar, no dia 8 deste mês, por receptação, já que estava em posse de uma moto Honda CG Titan. Ele confessou o crime e delatou os comparsas, que se apresentaram á polícia junto com os advogados.

O trio foi indiciado por homicídio doloso qualificado por dolo eventual, mas, como não houve flagrante, ainda não foram presos.

As duas armas usadas no crime, uma pistola .40 e um revólver calibre 38, foram encaminhadas para a perícia para saber quais delas foram usadas para matar o adolescente.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)