Cassilândia, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

10/09/2007 19:47

Tribunal Pleno nega liminar contra lei de Pedro Gomes

TJMS

Os desembargadores do Tribunal Pleno, na última sessão, negaram liminar na Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) nº 2007.010845-5, impetrada pelo prefeito de Pedro Gomes para pedir a declaração de inconstitucionalidade da Lei Municipal nº 920/2007, que inclui no conteúdo programático da rede municipal de ensino orientações de prevenção da dengue.

O chefe do Executivo alega que é competência exclusiva da União legislar sobre matérias relacionadas às diretrizes e bases da educação nacional, ressalvada a competência dos Estados legislarem supletivamente. A PGJ manifestou-se pelo indeferimento da liminar. O relator dos autos, Des. Paschoal Carmello Leandro, votou pela negativa do pedido ao citar juristas consagrados e jurisprudência do Supremo Tribunal Federal (STF).

“Cumpre a esta Egrégia Corte, neste momento, analisar exclusivamente a pretensão, de natureza cautelar, que objetiva a imediata suspensão da Lei nº 920/07 (...) Como elemento caracterizador da fumaça do bom direito, o requerente alega que a lei municipal estabelece matéria de competência exclusiva da União e do Estado (...) Para a concessão da liminar é necessário que os requisitos do fumus boni iuris e do periculum in mora se apresentem concomitantemente no instante da apreciação do feito pelo julgador. Em caso, a matéria se apresenta controvertida, uma vez que, conforme parecer da PGJ, a exegese do art. 30, incisos 2 e 6º, da CF, do art. 11, inciso 3, da Lei de Diretrizes e Bases, indica a possibilidade de um município legislar naquilo em que as legislações federal ou estadual forem omissas – circunstância que afasta o requisito fumus boni iuris. (...) Posto isso, com o parecer, voto pelo indeferimento da liminar”.

Autoria do Texto:Secretaria de Comunicação Social

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 12 de Dezembro de 2017
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)