Cassilândia, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

22/06/2013 07:50

Tribunal de Justiça adia por 15 dias fechamento de sete comarcas no Estado

Zemil Rocha, Campo Grande News

Com a chegada do projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) à Assembléia Legislativa, o Tribunal de Justiça do Estado decidiu adiar por 15 dias o fechamento de sete comarcas de Mato Grosso do Sul. A esperança do presidente do TJMS, desembargador Joenildo de Souza Chaves, é que os deputados negociem com o Executivo e os demais órgãos um aumento no duodécimo do Judiciário estadual de 6.8% para 8%.

Atualmente, o rateio sobre a receita líquida do Estado é o seguinte: 2,20% para a Assembleia Legislativa, 2% para o Tribunal de Contas, 6,80% para o Tribunal de Justiça, 3,70% para o Ministério Público e 1,50% para a Defensoria Pública-Geral do Estado.

Sob a alegação de estar seguindo recomendação do CNJ (Conselho Nacional de Justiça) e falta de recursos, o Tribunal de Justiça decidiu pelo fechamento das setes comarcas, mas suspendeu a decisão no dia 13 de maio. O prazo estava vencendo, mas na quarta-feira passada, o órgão especial do tribunal o estendeu por mais quinze dias.

O TJMS alega ter um déficit de R$ 3,5 milhões mensais, incluindo despesas com a folha de pessoal. Somente com essas comarcas a despesa é de mais de R$ 10 milhões por ano.

A elevação do duodécimo para 8% já foi pedida por Joenildo em várias reuniões neste ano, tanto com o governador André Puccinelli, quanto com o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Jerson Domingos (PMDB). Ambos consideram muito difícil mexer nos percentuais, já que feriria interesses dos outros poderes e instituições. Jérson, porém, considera possível uma revisão em torno de 0,6 ponto percentual na Lei de Diretrizes Orçamentárias, que deve ser votada até o dia 10 de julho pela Assembleia.

 

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)