Cassilândia, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

20/02/2010 07:32

Tribunal de Contas julgou 66% mais processos em 2009

Campo Grande News/ Edivaldo Bitencourt

De janeiro a dezembro de 2009, o Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso do Sul julgou 10.439 processos nas Câmaras e Pleno, o que representa aumento de 66%, se comparado com o número de processos analisados em 2008, que foi de 6.880.

De acordo com o relatório de atividades da Secretaria das Sessões, a média de processos julgados para cada um dos seis conselheiros do órgão foi de 1.740. Já a Inspetoria de Controle de Atos de Pessoal, a cargo do presidente, conselheiro Cícero Antônio de Souza, analisou 7.157 processos no ano passado.

Estes números referem-se a prestações de contas dos órgãos jurisdicionados (Prefeituras, Câmaras Municipais, fundos, autarquias e órgãos estaduais), que passaram pela análise do Tribunal Pleno, que é formado pelos sete conselheiros e pelas 1ª e 2ª Câmaras.

Os conselheiros ainda elaboraram no período, 2.583 decisões através das 1ª e 2ª Câmaras e do Pleno. Já as decisões singulares, elaboradas pelos seis conselheiros que compõem o Pleno, totalizaram 5.726.

Para o presidente do TCE/MS, Cícero Antônio de Souza, esses números refletem o bom andamento dos trabalhos e o esforço dos servidores do Tribunal em apreciar as contas e aplicação dos recursos públicos com mais agilidade. “Além de investir na capacitação dos nossos servidores, também aplicamos recursos consideráveis no programa de informatização, com a melhoria e atualização de computadores e softwares, através do Promoex”, enfatizou.




Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)